Secretários executivos remotos ou in company: como se apresenta o mercado remoto para os profissionais de Secretariado?

  • Taís Paula da Costa Universidade de Passo Fundo
  • Caroline Camargo Chizzoni Universidade de Passo Fundo
  • Caroline de Fátima Matiello Vaz Universidade de Passo Fundo
Palavras-chave: Assessoria Secretarial, Secretário Executivo, Trabalho Remoto

Resumo

O presente estudo tem como objetivo investigar como o mercado remoto se apresenta para os secretários executivos, identificando as principais diferenças entre o secretário remoto e o secretário in company. Como questão norteadora, tem-se: quais as principais diferenças entre o secretário remoto e o secretário in company e o que a atuação remota exige dos secretários executivos? Justifica-se a proposta pelo intuito de compreender, de forma mais efetiva, a atuação e a inserção do secretário executivo no mercado remoto, além de oportunizar, aos profissionais da área, a visualização de outras possibilidades de atuação. Trata-se de uma pesquisa qualitativa e descritiva, realizada por meio da aplicação de um questionário a um secretário executivo que atua há 15 anos na área remota. A análise de conteúdo foi a técnica adotada para a interpretação dos dados. As principais conclusões apontam que a atuação remota é uma nova oportunidade de atuação para os secretários executivos, a qual não exclui o assessoramento presencial. As principais diferenças entre o secretário remoto e o in company residem na forma de atuação e na disciplina. Contudo, o assessoramento remoto proporciona maior flexibilidade de atuação aos secretários executivos, proporcionando maior autonomia.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-04-08
Como Citar
da Costa, T., Camargo Chizzoni, C., & Matiello Vaz, C. (2019). Secretários executivos remotos ou in company: como se apresenta o mercado remoto para os profissionais de Secretariado?. Secretariado Executivo Em Revist@, 15(1), 62-76. https://doi.org/10.5335/ser.v15i1.8364
Seção
Artigos