A posição sujeito e a formação discursiva do secretariado executivo em comentários no facebook

Débora Sayuri Niki Caires, Verônica Braga Birello

Resumo


O objetivo geral deste trabalho é analisar discursivamente comentários de um vídeo institucional, divulgado pela empresa Cacau Show em sua página do Facebook, em menção ao “Dia da secretária”/do profissional de secretariado. Esse profissional, nos últimos anos, conquistou espaço no mercado de trabalho e se firma como profissão consolidada. Porém ainda é possível circular vídeos ou imagens que os descaracterizam como profissionais graduados. Nesse sentido, por meio da análise dos comentários a respeito desse vídeo da Cacau Show, que circulou no dia 23 de setembro de 2016, buscaremos responder à pergunta de análise: Quais posições sujeito e formações discursivas são mobilizadas no discurso desses sujeitos comentadores? Para embasarmos nossa análise, por meio de uma análise qualitativa, partiremos das teorias da Análise do Discurso francesa com Pêcheux (1995; 1999) bem como seus desdobramentos no Brasil com Orlandi (2012). Para discutir questões relativas às condições de produção específicas do secretariado tomamos por base trabalhos de Neiva; D’Elia 2014 e Nonato Júnior (2009). Foi possível identificar que há um imaginário e uma memória discursiva em circulação que condicionam a profissão do secretariado executivo até os dias atuais.

Palavras-chave


Secretariado Executivo. Memória. Posição Sujeito.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5335/ser.v13i0.8100