Secretariado e cerimonial: possibilidades de atuação e empregabilidade

Rutineia de Oliveira Carvalho, Afrânio Cardoso dos Santos, Faerly Pereira Pinho

Resumo


Este estudo buscou colocar em evidência a área de cerimonial como um potencial campo de atuação para o Secretariado Executivo. Levanta-se a hipótese de que as atividades da respectiva área não são exclusivas de uma categoria profissional. A questão suscitada foi: o cerimonial é um campo propenso para atuação dos secretários executivos? O objetivo geral consistiu em conhecer a relação entre o trabalho de cerimonial, a formação de nível superior dos indivíduos que atuam na respectiva área e as instituições de Boa Vista-RR. Os objetivos específicos foram: verificar a existência de cargos ou funções de chefe de cerimonial ou cerimonialista e de mestre de cerimônias nas estruturas formais das organizações públicas e privadas de Boa Vista-RR; conhecer a formação acadêmica dos indivíduos que atuam nas respectivas ocupações no contexto atual e especificamente dos Mestre de Cerimônias que atuam há mais de 5 anos e, por fim, relacionar o perfil do contexto analisado com o Secretariado Executivo. O aporte teórico destacou a concepção de cerimonial e os aspectos que caracterizam a profissionalização de uma área. A metodologia privilegiou a abordagem qualitativa e as pesquisas bibliográfica, exploratória e empírica. Concluiu-se que o trabalho em questão não é uma área exclusiva de uma categoria profissional e que o Secretariado Executivo tem requisitos adequados para atuar na citada área.

Palavras-chave


Cerimonial. Secretariado Executivo. Empregabilidade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5335/ser.v13i0.8097