Revista Teoria e Evidência Econômica http://seer.upf.br/index.php/rtee pt-BR <a rel="license" href="http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/"><img alt="Licença Creative Commons" style="border-width:0" src="https://i.creativecommons.org/l/by-nc-nd/4.0/88x31.png" /></a><br />Todos os artigos estão licenciados com a licença <a rel="license" href="http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/">Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional</a>. <p> </p> Os conceitos emitidos são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). A simples remessa do trabalho implica que o(s) autor(es) concordam que, em caso de aceitação para publicação, a Revista Teoria e Evidência Econômica (Brazilian Journal of Theoretical and Applied Economics) passa a ter os direitos autorais para a veiculação dos artigos, tanto em formato impresso como eletrônico a eles referentes, os quais se tornarão propriedade exclusiva da Revista Teoria e Evidência Econômica (Brazilian Journal of Theoretical and Applied Economics). É permitida a reprodução total ou parcial dos artigos desta revista, desde que seja explicitamente citada a fonte completa. rtee@upf.br (André da Silva Pereira) rtee@upf.br (Revista Teoria e Evidência Econômica) Sex, 30 Abr 2021 10:13:21 -0300 OJS 3.1.1.2 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 O DESENVOLVIMENTO HUMANO SOB A PERSPECTIVA DO VIVER MAIS E MELHOR: ANÁLISE DO ACESSO E DAS CONDIÇÕES DE SAÚDE DA POPULAÇÃO IDOSA DE SANTA MARIA (RS) http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/8536 O processo de envelhecimento da população brasileira tem desafiado o Estado brasileiro quanto a sua capacidade de atender às demandas do estrato social composto pelos idosos. De fato, a expansão da população idosa no país motiva reflexões acerca dos instrumentos desenvolvidos em prol da seguridade social. Diante deste contexto, o presente estudo tem por objetivo analisar o acesso e as condições de saúde dos idosos residentes na região nordeste de Santa Maria (RS). Para tanto, realizaram-se pesquisas bibliográficas e documentais, bem como pesquisa de campo. Os dados primários coletados durante o interstício de 2015 e 2016 foram manipulados por meio do método fuzzy, que permitiu analisar a existência de privações em saúde, os indicadores em que estão focalizadas e o grau de recorrência que são percebidas pela população idosa do referido município. Os resultados apontam alta privação no acesso a serviços de saúde e alimentação, especificamente nas consultas odontológicas e refeições diárias. Cristiéle de Almeida Vieira, Caroline Lucion Puchale, Diogo Alberto de Moraes, Sibele Vasconcelos de Oliveira ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/8536 Qui, 29 Abr 2021 00:00:00 -0300 CRESCIMENTO ECONÔMICO NOS GOVERNOS FHC E LULA: UMA ANÁLISE PRÓ-POBRE http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/9484 <p>Este trabalho analisa o crescimento econômico brasileiro nos governos FHC e Lula sob a ótica do crescimento pró-pobre, por meio das elasticidades renda-pobreza e desigualdade-pobreza. Para tanto, utilizam-se dados da PNAD para as 27 Unidades Federativas do Brasil de 1995-2010. Os resultados revelam que o governo FHC não alcançou crescimento pró-pobre, com semi-estagnação da proporção de pobres. O governo Lula atingiu crescimento pró-pobre, os efeitos parciais da renda e da desigualdade estiveram acima de 2 p.p e 5 p.p., respectivamente. O cenário externo favorável, mas principalmente as políticas de inclusão social contribuíram para o resultado do governo Lula.</p> Rodrigo Vilela Rodrigues, Aristeu Rodrigues Azenha Neto ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/9484 Qui, 29 Abr 2021 00:00:00 -0300 AVALIAÇÃO DE IMPACTO DO REGIME ESPECIAL DE TRIBUTAÇÃO RECAP NAS IMPORTAÇÕES DE BENS DE CAPITAL DE 2004 A 2013 http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/8691 <h1>Este trabalho apresenta uma estimativa do impacto do Regime Especial de Aquisição de Bens de Capital para Empresas Exportadoras (RECAP) sobre a importação de bens de capital pelo país, como parte dos esforços empreendidos no âmbito da Política Industrial, Tecnológica e de Comércio Exterior (PITCE). Para tanto, estima os determinantes da demanda por importação dos produtos beneficiados pelo regime e avalia se a renúncia fiscal introduzida foi significativa para incrementar a procura externa daqueles itens.</h1> Thiago Fernandes Ladeira, Leonardo Chaves Borges Cardoso ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/8691 Qui, 29 Abr 2021 00:00:00 -0300 INSERÇÃO REGIONAL DA ECONOMIA BRASILEIRA NO COMÉRCIO MUNDIAL: VERIFICAÇÃO DAS EVIDÊNCIAS DE REPRIMARIZAÇÃO DAS EXPORTAÇÕES ESTADUAIS http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/8414 O presente estudo tem como objetivo analisar o processo de reprimarização ou commoditização da pauta de exportações dos estados brasileiros no período de 1996 a 2015, considerando-se o comércio dos produtos básicos, semimanufaturados e manufaturados. Para isso, empregou-se o Índice de Vantagem Comparativa Revelada de Lafay e o Índice de Competitividade Revelada. Obteve-se como resultado uma possível reprimarização da pauta de exportações da maioria dos estados brasileiros. Palavras-chave: Reprimarização; Estados; Índices de competitividade Danielle Evelyn de Carvalho, Talles Girardi de Mendonça ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/8414 Qui, 29 Abr 2021 00:00:00 -0300 ANÁLISE DE EFICIÊNCIA PARA AS VARIÁVEIS DE FRONTEIRA http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/10008 <p>Medidas que visam acelerar e coordenar os processos comerciais são vistas, progressivamente, como uma forma de desenvolver e elevar as trocas entre as nações.&nbsp; Neste sentido, o debate acerca das medidas facilitações de comércio ganha espaço nas rodadas multilaterais, ao aumentar a influência dos procedimentos de fronteira para elevar as trocas comerciais. Este trabalho tem como objetivo fazer uma análise de eficiência, pelo método DEA, para identificar quais países, em 2018, foram eficientes em elevar seus fluxos de comércio ao utilizar as medidas propostas pelo Acordo de Facilitação de Comércio. Alemanha e Estados Unidos são, de maneira geral, os eficientes em escala em exportar e importar. Porém, Cingapura destacou-se como principal <em>benchmark</em>, sua administração alfandegária é uma das melhores do mundo e serve de exemplo para os países ineficientes. Entre os países em desenvolvimento, China é destaque nos seus processos comerciais.</p> MICHELLE MARCIA VIANA MARTINS ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/10008 Qui, 29 Abr 2021 00:00:00 -0300 FONTES DE INFORMAÇÕES NO PROCESSO DE TOMADA DE DECISÃO DE PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO: http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/11290 <p>Com a imensa variedade de informações disponíveis no momento de tomar a decisão, os produtores mais preparados ou que melhor se adaptam ao mercado turbulento e dinâmicos serão os que tomarão as decisões com resultados satisfatórios. Nesse sentido o estudo teve como objetivo identificar as fontes de informações no processo de tomada de decisão de produção e comercialização utilizadas por agricultores familiares associados à&nbsp; Cooperativa de Alimentos de Espumoso Ltda. – Cooperbom. Para atingir o objetivo, foi realizada uma pesquisa de caráter exploratório, com abordagem qualitativa, para a qual foram entrevistados os agricultores associados à cooperativa e que comercializam seus produtos na feira organizada pela Cooperbom. A técnica utilizada para analisar os dados foi a de análise de conteúdo. Como principais resultados do estudo, destacam-se a influência da família, principalmente dos filhos, das empresas do setor, dos contatos profissionais e de amigos, dos meios de comunicação (jornal, rádio, televisão) e da Emater. Constatou-se, na pesquisa, as dificuldades dos associados em encontrar informações, relatadas como deficiência, falta de transparência nas informações e a dificuldade de compreensão do mercado.</p> Ariane Batista Capitanio, Ana Claudia Machado Padilha, Amanda Regina Leite, Marcelino de Souza ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/11290 Qui, 29 Abr 2021 00:00:00 -0300 POLÍTICAS DE GESTÃO DE PESSOAS SOCIALMENTE RESPONSÁVEIS http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/11673 <p>O objetivo é compreender o processo de formação de políticas de gestão de pessoas (PGP) em pequenas empresas familiares (PEF) e descrever a forma de sua implementação. Toma-se as PEFs como campo de investigação e as PGP socialmente responsáveis como tema, sob o argumento de que nesse tipo e porte de empesas, a estrutura organizacional fracamente articuladas contribui para a formação de PGP mais humanizadas. Trata-se de uma pesquisa descritiva, orientada pela estratégia estudo de casos múltiplos, com abordagem qualitativa. Os resultados revelam que as PEFs adotam políticas tradicionais de gestão de pessoas com “traços” de socialmente responsáveis na sua aplicação. Individualmente, cada PEF define PGP específicas para os trabalhadores, mas as mesmas são aplicadas de forma diferente quando as pessoas são membros da família proprietária.</p> Talita Bernardi Goettems, Denize Grzybovski ##submission.copyrightStatement## http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0 http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/11673 Qui, 29 Abr 2021 00:00:00 -0300