http://seer.upf.br/index.php/rtee/issue/feed Revista Teoria e Evidência Econômica 2018-12-12T17:25:56-02:00 André da Silva Pereira rtee@upf.br Open Journal Systems http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/7843 A agricultura na China: transformações setoriais e as relações comerciais com o Brasil 2018-12-12T16:54:02-02:00 Paulo Dabdab Waquil paulo.waquil@gmail.com <p>O artigo evidencia as transformações pelas quais a agricultura na China passou ao longo das últimas duas décadas, acompanhando um processo de profundas mudanças em toda a economia do país, que conduziu à maior urbanização e industrialização. Ao longo do período, é muito forte o incremento na demanda por alimentos e matérias primas, alterando as relações comerciais entre a China e o Brasil, abrindo oportunidades e novos desafios para a agricultura brasileira. Os resultados apresentados apontam para a intensificação nos fluxos comerciais de produtos agrícolas, especialmente de produtos do complexo soja, primarização das exportações brasileiras, alterações nas políticas agrícolas e comerciais, ampliação dos investimentos estrangeiros e a necessidade de acompanhamento e regulação deste processo.</p> 2018-12-12T14:15:40-02:00 ##submission.copyrightStatement## http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/8272 A análise da escola das estruturas sociais de acumulação sobre a economia dos Estados Unidos entre o pós-guerra e o início do século XXI 2018-12-12T17:24:41-02:00 Amanda Mayara da Silva Bento mandamayara@hotmail.com Marcelo Bandeira de Mello F marcelosbmf@gmail.com <p>O objetivo principal do trabalho é apresentar a explicação da escola das estruturas sociais de acumulação (EESA) para as transformações do capitalismo estadunidense ocorridas entre o pós-guerra e o início do século XXI. De acordo com a abordagem, a estrutura social de acumulação do pós-guerra, construída no contexto geopolítico da Guerra Fria, foi caracterizada por acordos entre os trabalhadores e os capitalistas e entre esses últimos e os cidadãos. Tais arranjos institucionais possibilitaram taxas de crescimento elevadas e significativos ganhos de salário real. A abordagem teve alguma dificuldade em compreender o tipo de capitalismo predominante nos Estados Unidos depois da estagflação da década de 1970 e teve que alterar o significado do seu conceito principal para analisar o capitalismo neoliberal.</p> 2018-12-12T14:40:03-02:00 ##submission.copyrightStatement## http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/8958 Estimativa de perdas de arrecadação de ICMS promovida pela lei Kandir no Corede produção - RS: uma análise sobre as exportações de soja, de 1997 a 2014 2018-12-12T14:53:10-02:00 Marco Antonio Montoya montoya@upf.br Vanessa Soccoloski vanessasoccoloski.vs@gmail.com <p>O Brasil e o Rio Grande do Sul ocupam lugar de destaque na produção de grãos e nas<br>exportações do agronegócio, sendo os principais produtos exportados os do complexo-soja,<br>sobretudo o grão. Possivelmente, a Lei Kandir, que isenta a tributação de ICMS sobre as<br>operações e produções destinadas à exportação (produtos primários, produtos semielaborados ou serviços) exerceu influência direta nesse processo. Buscando mensurar as perdas de<br>arrecadação de ICMS causadas pela aplicação dessa lei, o objetivo desse estudo é evidenciar a participação do Corede Produção nas exportações de soja do Estado, entre os anos<br>de 1997 e 2014. O método adotado para a coleta se deu a partir de dados secundários sobre<br>área plantada, produção, volume e valor de exportação, que foram submetidos à análise<br>descritiva das variáveis vinculadas à exportação, permitindo quantificar os efeitos da lei<br>no estado e no Corede. Os principais resultados obtidos apontam que 16,09% das perdas<br>líquidas do estado, de 1997 a 2014, se referem à exportação de soja do Corede e as perdas<br>municipais superam os R$108 milhões, demonstrando a sua fundamental participação nos<br>resultados estaduais.</p> 2018-12-12T14:48:31-02:00 ##submission.copyrightStatement## http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/8960 Análise dos programas de incentivo fiscal do estado do Rio Grande do Sul Fundopem/RS e Integrar/RS para uma cooperativa do Corede Nordeste 2018-12-12T15:12:19-02:00 Eduardo Belisário Finamore finamore@upf.br Douglassi Negri douglassi@outlook.com <p>Este artigo tem por objetivos analisar e demonstrar a importância e a efetividade dos incentivos fiscais Fundopem/RS e Integrar/RS, por meio do impacto gerado no fluxo de caixa do projeto de expansão de uma cooperativa, localizada no norte do Rio Grande do Sul, de<br>agroindustrialização do milho, transformando-o em xarope para a indústria de doces e<br>balas do estado. Verificou-se que os incentivos fiscais apresentam impactos positivos significativos, medidos pelos indicadores econômicos e financeiros da taxa interna de retorno (TIR) e do valor presente líquido (VPL). A riqueza gerada pelo projeto de investimento de<br>40 milhões de reais, sem os incentivos fiscais, medida pelo VPL, foi de R$ 90.629.555,89, com uma rentabilidade de 36,26% de TIR, considerando um custo de oportunidade (CO) de 8% ao ano. O enquadramento no Fundopem/RS beneficiou a empresa com a geração de<br>uma riqueza extra de R$ 9.920.051,72 (VPL de R$ 100.549.607,61 e TIR de 46,13%), e o enquadramento ao Integrar/RS gerou um riqueza extra para os sócios da cooperativa de R$ 16.829.708,60 (VPL de R$ 107.459.264,49 e TIR de 46,47%).</p> 2018-12-12T15:12:19-02:00 ##submission.copyrightStatement## http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/7934 Elasticidade PIB e desemprego no estado de São Paulo: uma aplicação do modelo vetorial de correção de erro (VEC) 2018-12-12T17:25:56-02:00 Mario Antonio Margarido margaridoma@gmail.com <p>Este estudo analisou a relação entre Número de Trabalhadores Desempregados na região metropolitana de São Paulo e o PIB do Estado de São Paulo para o período de janeiro de 2003 até dezembro de 2017. Foram utilizados dados da Fundação Seade. Foi utilizado o Método X-12 para dessazonalizar as séries. Para a determinação da ordem de integração de cada série, foi utilizado o teste de raiz unitária ADF. Para verificar se as variáveis convergem para o equilíbrio no longo prazo, foi utilizado o teste de co-integração de Johansen. A partir do Modelo VEC, foi possível estimar a elasticidade de longo prazo entre PIB e Número de Desempregados. O resultado mostra que para cada 1% de variação no PIB, o desemprego é reduzido em 3,49% no longo prazo, o qual foi estimado como sendo igual a um ano. O resultado da Função de Resposta de Impulso mostra que a partir de um choque no PIB, o desemprego decai por vinte meses e depois se estabiliza, indicando nível de pleno emprego da região metropolitana de São Paulo.</p> 2018-12-12T15:15:44-02:00 ##submission.copyrightStatement## http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/8961 O desenvolvimento do e-government na esfera local a partir de dimensões políticas, tecnológicas e sociais 2018-12-12T15:26:09-02:00 Pedro Antonio Müller muller@upf.br Cláudia Tirelli ctirelli@unisc.br Ramon Gil-Garcia jgil-garcia@ctg.albany.edu <p>Este artigo apresenta um modelo para identificar variáveis com grau de relevância para o<br>desenvolvimento do e-government na esfera regional. Tem como propósitos contribuir para o<br>entendimento do contexto local a partir de informações analíticas e auxiliar o planejamento<br>do e-government por gestores municipais. Também estimula o desenvolvimento regional,<br>auxiliando servidores públicos a entender variáveis relevantes no contexto local, para a<br>resolução de problemas sociais. Para o desenvolvimento do trabalho, foi utilizado o método<br>quantitativo, com a participação de municípios do extremo sul do Brasil. Identificou-se que,<br>na maioria dos municípios, o e-government ainda está em estágios iniciais, e a tecnologia<br>de informação é utilizada basicamente como meio de comunicação. Também constatou-se<br>que as variáveis infraestrutura tecnológica, recursos financeiros, população, orçamento<br>municipal e taxa de analfabetismo têm se mostrado mais propensas a influenciar o estágio<br>de maturidade do e-government.</p> 2018-12-12T15:26:08-02:00 ##submission.copyrightStatement## http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/7795 Processo de implementação de uma política de gestão ambiental: o papel do sistemas de crenças de Simons (1995) 2018-12-12T15:28:20-02:00 Lidiane Zambenedetti lidiane.zambenedetti@erechim.ifrs.edu.br Rodrigo Angonese rangonese@upf.br Esta pesquisa objetivou investigar o papel do sistema de crenças (SIMONS, 1995) na implementação de uma política de controle ambiental. O sistema de crenças inclui a descrição da missão, visão e credos da organização. A política de controle ambiental inclui planos, programas e procedimentos específicos, voltados ao meio ambiente. Pesquisa qualitativa, operacionalizada pelo método de estudo de caso. A coleta de dados ocorreu pela observação, análise documental e entrevistas. Constou-se que o sistema de crenças sempre esteve presente na empresa e foi formalizado a partir da implementação do projeto ambiental. Os resultados mostram que o sistema de crenças influenciou positivamente a implementação da política de controle ambiental na empresa. 2018-12-12T15:28:20-02:00 ##submission.copyrightStatement## http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/8962 Alfabetização financeira de estudantes universitários a partir das dimensões atitude financeira, comportamento financeiro e conhecimento financeiro 2018-12-12T15:37:19-02:00 Nadia Mar Bogoni nbogoni@upf.br Maurício Leite mauricio.leite@gmail.com Fábio Roberto Barão fbarao@upf.br Mariza de Almeida marizaalmeida12@gmail.com Nelson Hein hein@furb.br <p>É notória a importância que os temas alfabetização financeira e educação financeira vêm<br>ganhando na vida das pessoas. Nesse sentido, o objetivo deste artigo é caracterizar o perfil<br>dos estudantes universitários de uma universidade localizada na Região Norte do estado<br>do Rio Grande do Sul, a partir das dimensões atitude financeira, comportamento financeiro e conhecimento financeiro. Para tanto, a pesquisa caracterizou-se como um estudo de caso, em que 194 alunos participaram respondendo um questionário on-line. Os dados<br>obtidos foram analisados com utilização de estatística descritiva e multivariada (análise fatorial). Os resultados mostram que os estudantes participantes da pesquisa têm um nível satisfatório de alfabetização financeira, considerando as dimensões atitude, comportamento e conhecimento financeiros. Porém, 57% estão insatisfeitos com sua situação financeira. Percebe-se também que os alunos respondentes demonstram ter preocupação com seu futuro financeiro, priorizando manter uma poupança e pagar contas em dia. Além<br>disso, nota-se que os respondentes apresentam um satisfatório conhecimento financeiro sobre taxa de juros, retorno financeiro, risco, ativos financeiros e inflação.</p> 2018-12-12T15:37:19-02:00 ##submission.copyrightStatement## http://seer.upf.br/index.php/rtee/article/view/6886 O processo de consolidação e desenvolvimento da unidade pediátrica de um hospital filantrópico sob o olhar das tipologias de adaptação estratégica. 2018-12-12T17:23:17-02:00 Juliana da Fonseca Capssa Lima Sausen jucapssa@gmail.com Lurdes Marlene Seide Froemming lurdesf@unijui.edu.br Jorge Oneide Sausen josausen@unijui.edu.br <p>As pediatrias hospitalares passaram por mudanças estratégicas significativas ao longo do tempo, apostando no conforto, no bem-estar e no desenvolvimento do paciente infantil. A finalidade principal deste estudo foi identificar e analisar processos de mudança e adaptação estratégica no atendimento pediátrico do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), localizado no município de Ijuí/RS. Foram utilizadas pesquisa bibliográfica e entrevistas. Foi possível identificar que as mudanças e a adaptação estratégica da pediatria do HCI eram conduzidas pelo ambiente externo e pela capacidade do hospital e da pediatria identificarem oportunidades de desenvolvimento e expansão. Todos os processos foram indispensáveis para estabelecer diferenciais competitivos sustentáveis, promovendo o desenvolvimento da unidade pediátrica do HCI e do próprio hospital.</p> 2018-12-12T15:30:54-02:00 ##submission.copyrightStatement##