EUGENIO GUDIN E AS CONTRADIÇÕES LIBERAIS NA CONTROVÉRSIA DO PLANEJAMENTO

  • William Eufrásio Nunes Pereira UFRN
  • Leovigildo Melgaço Tolentino Neto Faculdade Regional de Filosofia, Ciências e Letras de Candeias , Brasil
Palavras-chave: Eugenio Gudin, Roberto Simonsen, Industrialização, Planejamento

Resumo

O Estado de Compromisso varguista é o ambiente onde aflorou o debate entre Eugenio Gudin e Roberto Simonsen. Esse período da Era Vargas ostentava um viés planejador, sendo responsável pela criação de diversos órgãos públicos no Brasil. Gudin era membro da Comissão de Planejamento Econômico (CPE), órgão integrante do Conselho de Segurança Nacional, que tinha como objetivo elaborar estudos sobre a economia brasileira. Simonsen era membro do Conselho Nacional de Política Industrial (CNPIC), órgão filiado ao Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio. É no domínio da CNPIC que ocorre o começo da controvérsia sobre o planejamento. Esse órgão deveria discorrer sobre como o planejamento da economia brasileira seria implementado ao longo das próximas décadas. A mainstream do pensamento econômico brasileiro habitualmente classifica a atuação de Gudin como sofisticada e vencedora do debate. Esse artigo buscará rever essa atuação à luz de uma perspectiva mais ampla, a histórica-relativista. Essa abordagem está em concordância com os acontecimentos da época, que surgiram à luz da II Grande Guerra Mundial, constatando que Simonsen antecipou debates à frente do seu tempo, ao passo que a ideologia de Gudin tanto já se mostrava inadequada para o capitalismo daquele período, como foi pulverizada pelo desenvolvimento do capitalismo moderno.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leovigildo Melgaço Tolentino Neto, Faculdade Regional de Filosofia, Ciências e Letras de Candeias , Brasil
Economista e Mestre em Economia. Professor da Faculdade Regional de Filosofia, Ciências e Letras de Candeias , Brasil.
Publicado
2020-09-16
Como Citar
Pereira, W., & Tolentino Neto, L. (2020). EUGENIO GUDIN E AS CONTRADIÇÕES LIBERAIS NA CONTROVÉRSIA DO PLANEJAMENTO. Revista Teoria E Evidência Econômica, 24(51), 339-366. https://doi.org/10.5335/rtee.v24i51.9456