O processo de consolidação e desenvolvimento da unidade pediátrica de um hospital filantrópico sob o olhar das tipologias de adaptação estratégica.

  • Juliana da Fonseca Capssa Lima Sausen Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - Unijuí/RS
  • Lurdes Marlene Seide Froemming Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - Unijuí/RS
  • Jorge Oneide Sausen Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - Unijuí/RS
Palavras-chave: Ambiente hospitalar. Mudança e adaptação estratégica. Pediatria.

Resumo

As pediatrias hospitalares passaram por mudanças estratégicas significativas ao longo do tempo, apostando no conforto, no bem-estar e no desenvolvimento do paciente infantil. A finalidade principal deste estudo foi identificar e analisar processos de mudança e adaptação estratégica no atendimento pediátrico do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI), localizado no município de Ijuí/RS. Foram utilizadas pesquisa bibliográfica e entrevistas. Foi possível identificar que as mudanças e a adaptação estratégica da pediatria do HCI eram conduzidas pelo ambiente externo e pela capacidade do hospital e da pediatria identificarem oportunidades de desenvolvimento e expansão. Todos os processos foram indispensáveis para estabelecer diferenciais competitivos sustentáveis, promovendo o desenvolvimento da unidade pediátrica do HCI e do próprio hospital.

Biografia do Autor

Juliana da Fonseca Capssa Lima Sausen, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - Unijuí/RS
Aluna do Mestrado em Desenvolvimento Regional da Unijuí/RS. Bolsista PROSUP/CAPES. jucapssa@gmail.com
Lurdes Marlene Seide Froemming, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - Unijuí/RS
Doutora em Administração, Professora no Curso de Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento Regional da Unijuí. lurdesf@unijui.edu.br
Jorge Oneide Sausen, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - Unijuí/RS
Pós-Doutor em Administração, Professor no Curso de Mestrado e Doutorado em Desenvolvimento Regional da Unijuí. josausen@unijui.edu.br

Referências

BAUER, R. Gestão da mudança: caos e complexidade nas organizações. São Paulo: Atlas,

BOFF, Leonardo. Saber cuidar: ética do humano, compaixão pela terra. Petrópolis: Vozes, 2001.

CAVALCANTI, Patrícia Biasi; AZEVEDO, Giselle Arteiro Nielsen; DUARTE, Cristiane Rose. Humanização, imagem e caráter dos espaços de saúde. Cadernos Proarq, v. 11, p. 7-10, Rio de Janeiro, 2007.

CLARK, Colin. The conditions of economic progress. 3. ed. Londres: The Macmillan, 1957.

ESTEVES, Carla Hiolanda; ANTUNES, Conceição; CAIRES, Susana. Humanização em contexto pediátrico: o papel dos palhaços na melhoria do ambiente vivido pela criança hospitalizada. Interface, Botucatu, v. 18, n. 51, p. 697-708, 2014.

GODOY, A. S. Estudo de caso qualitativo. In: GODOI, C. K.; BANDEIRA-de-MELLO; SILVA, A. B. (Org.). Pesquisa qualitativa em estudos organizacionais: paradigmas, estratégias e métodos. São Paulo: Saraiva, 2006.

Hospital de Caridade de Ijuí. Disponível em: <http://www.hci.org.br>. Acesso em: 08 dez. 2016.

HREBINIAK, L. G. ; JOYCE, W. F. Organizational adaptation: strategic choice and environmental determinism. Administrative Science Quarterly, v. 30, p. 336-349, 1985.

MARINELO, Gisele dos Santos; JARDIM, Dulcilene Pereira. Estratégias lúdicas na assistência ao paciente pediátrico: aplicabilidade ao ambiente cirúrgico. SOBECC, São Paulo, v. 18, n. 2, p. 57-66, abr./jun. 2013.

MINAYO, Carlos; MACHADO, Jorge Mesquita Huet; PENA, Paulo Gilvane Lopes. Saúde do trabalhador na sociedade brasileira contemporânea. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2011.

MINTZBERG, H. An emerging strategy of direct research. Administrative in Science, v. 24,

n. 9, p. 582-589, 1997.

PETTIGREW, A.; FERLIE, E.; McKEE, L. Understanding the Process of Organizational Change . In: Shaping strategic change. London: Sage Publications, 1992.

PINHEIRO, Roseni; MATTOS, Rubens. Cuidado: a fronteira da integralidade. Rio de Janeiro: CEPESC/UERJ, 2001.

RIFKIN, Jeremy. A era do acesso. Trad. Maria Lucia G. L. Rosa. São Paulo: Pearson, 2004.

SALVAJOLY, João Victor. O cuidar em Oncologia. Rio de Janeiro: Medsi, 1999.

VANZIN, Arlete Spencer, NERY, Maria Elena da Silva. O curar e o cuidar. São Paulo: Cortez, 1997.

VASCONCELLOS, Ana Maria (org.). A prática do Serviço Social. São Paulo: Cortez, 1998.

VASCONCELOS, Renata Thaís Bomm. Humanização de ambientes hospitalares: características arquitetônicas responsáveis pela integração interior/exterior. 2004. Xxf. Dissertação. –Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

WALDOW, Vera Regina. Cuidado humano: o resgate necessário. Porto Alegre: Sagra Luzzatto, 1998.

WHITTINGTON, R. The work os strategizing and organizing: for a practice perspective. Strategic Organization, v. I, n. I, p. 119-127, 2002.

ZEITHAML, Valarie H.; BITNER, Mary Jo. Marketing de serviços: a empresa com foco no Cliente. Porto Alegre: Bookman, 2003.

Publicado
2018-12-12
Como Citar
da Fonseca Capssa Lima Sausen, J., Marlene Seide Froemming, L., & Oneide Sausen, J. (2018). O processo de consolidação e desenvolvimento da unidade pediátrica de um hospital filantrópico sob o olhar das tipologias de adaptação estratégica. Revista Teoria E Evidência Econômica, 24(50). https://doi.org/10.5335/rtee.v24i50.6886