ANÁLISE DE RISCO DE QUATRO SISTEMAS ALTERNATIVOS DE PRODUÇÃO DE INTEGRAÇÃO LAVOURA/PECUÁRIA

  • Ivo Ambrosi
  • Renato S. Fontaneli

Resumo

A incorporação da análise de risco à avaliação econômica de tecnologias é uma poderosa ferramenta que proporciona aos economistas agrícolas e aos pesquisadores a oportunidade de vista de sustentabilidade, mas, também, sob o aspecto de risco que o agricultor está correndo na sua adoção. O principal objetivo deste estudo é analisar quatro sistemas alternativos de produção de integração lavoura/pecuária para recomendar ao agricultor aquele de menor risco. Nesta análise foi aplicado o método da Dominância Estocástica comparado com o método Média-Variância. Foram utilizados os dados obtidos por Fontanelli et al.(1993). Pelo método Média-Variância, o agricultor seria levado a escolher o sistema de produção composto por ½ da área da lavoura com trigo e ½ com pastagens consorciadas, no inverno, e ½ com milho e ½ com soja, no verão, em vez do sistema alternativo composto por 1/3 da área com trigo e 2/3 com pastagens consorciadas, no inverno, e 2/3 com soja e 1/3 com milho, no verão. Este último foi selecionado pela dominância estocástica como sendo o melhor sistema alternativo testado sob condições de risco. Este método de análise mostrou maior poder de discriminação que o método Média Variância e deve ser utilizado, sempre que possível, para testar as novas recomendações aos produtores.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Ambrosi, I., & Fontaneli, R. (1). ANÁLISE DE RISCO DE QUATRO SISTEMAS ALTERNATIVOS DE PRODUÇÃO DE INTEGRAÇÃO LAVOURA/PECUÁRIA. Revista Teoria E Evidência Econômica, 2(03). https://doi.org/10.5335/rtee.v2i03.4729