O ARRECADAMENTO CAPITALISTA NA AGRICULTURA DE TRIGO-SOJA NO CENTRO-NORTE DO RIO GRANDE DO SUL

  • Aldomar A. Rücker

Resumo

O presente artigo analisa o processo de incorporação da terra, como equivalente de capital – renda capitalizada da terra -, à agricultura de trigo-soja. Este processo, denominado de a territorialização dos capitalistas da agricultura, é examinado desde o início do processo de arrecadamento é examinado desde o início do processo de arrecadamento dos campos por capitalistas da agricultura aos tradicionais proprietários fundiários nos anos quarenta e cinquenta até o agravamento das condições e declínio do arrendamento nos anos oitenta, momento em que se consolida a nova figura social do capitalista proprietário fundiário.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Rücker, A. (1). O ARRECADAMENTO CAPITALISTA NA AGRICULTURA DE TRIGO-SOJA NO CENTRO-NORTE DO RIO GRANDE DO SUL. Revista Teoria E Evidência Econômica, 1(02). https://doi.org/10.5335/rtee.v1i02.4718