O ensino contábil no estado de Santa Catarina: as matrizes curriculares dos cursos de graduação em análise

  • Rodrigo Angonese
  • Odir Luiz Fank
  • Sabrina do Nascimento
  • Rita Buzzi Rausch

Resumo

O perfil e a formação do profissional de Ciências Contábeis dependem, em parte, da estrutura curricular oferecida pelas instituições de ensino nos seus cursos de Ciências Contábeis. Diante disso, este estudo tem como objetivo identificar as áreas do conhecimento que contemplam as disciplinas que compõem a matriz curricular dos cursos de Ciências Contábeis oferecidos no estado de Santa Catarina. A metodologia utilizada na pesquisa configura-se como descritiva, conduzida por meio de levantamento documental e de análise quantitativa de dados. Foram analisadas as matrizes curriculares disponibilizadas pelas instituições de ensino superior nos seus sites. A amostra constituiu-se de trinta matrizes curriculares. Os resultados mostraram que do total das disciplinas oferecidas pelas instituições no curso de Ciências Contábeis, 53,13% estão diretamente relacionadas à área contábil, 10,07% à área da administração, 8,81% à área do direito, e com 5,67% à área da filosofia e da sociologia. As áreas de informática, psicologia, letras e educação não apresentaram uma participação expressiva, mesmo levando em conta sua importância para o profissional de contabilidade. Palavras-chave: Ensino superior. Ciências Contábeis. Matrizes curriculares.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-12-18
Como Citar
Angonese, R., Fank, O., Nascimento, S., & Rausch, R. (2014). O ensino contábil no estado de Santa Catarina: as matrizes curriculares dos cursos de graduação em análise. Revista Teoria E Evidência Econômica, 20(43). https://doi.org/10.5335/rtee.v20i43.4592