Dimensionamento via Método da Resistência Direta de colunas em aço inoxidável de parede fina sob falha distorcional

  • João Fernando Martins Paixão UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
  • Alexandre Landesmann UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
Palavras-chave: Distortional Buckling, Cold-Formed Stainless Steel Columns, Direct Strength Method

Resumo

Este trabalho apresenta um estudo numérico-computacional via MEF do comportamento estrutural de flambagem, pós-flambagem (elástica e elasto-plástica) e resistência última de colunas constituídas por perfis U enrijecido em aços inoxidáveis austenítico (304) e ferrítico (430) submetidos à compressão uniaxial centrada e modo de falha distorcional. Tais análises têm por objetivo avaliar a aplicabilidade do Método da Resistência Direta (MRD), segundo as especificações existentes para o dimensionamento destes elementos. Inicialmente, descrevem-se os critérios adotados para a seleção das colunas segundo a Teoria Generalizada de Vigas (GBT), com emprego do programa de livre acesso GBTul, para duas condições de apoio, que diferem principalmente quanto ao empenamento, podendo ser livre ou impedido e diferentes dimensões de seção-transversal. Após validação do modelo numérico proposto, segundo comparação entre forças críticas e últimas obtidas neste trabalho com semelhantes disponibilizadas na literatura, o presente trabalho apresenta e avalia resultados obtidos de um estudo paramétrico proposto, abrangendo 320 colunas, com uma vasta gama de esbeltez distorcional, sendo comparados suas resistências últimas com previsões disponíveis segundo o MRD.
Publicado
2018-12-16