Uma revisão sobre vibrações em sistemas de piso em aço induzidas por carregamentos oriundos de atividades humanas

Priscilla Isabel dos Santos Ribeiro, André Vasconcelos Soares Gomes, Walnório Graça Ferreira, Adenilcia Fernanda Grobério Calenzani

Resumo


As novas tendências arquitetônicas e as exigências de mercado levam a engenharia a conceber estruturas capazes de vencer grandes vãos com um número mínimo de pilares, permitindo assim uma maior flexibilidade arquitetônica. Essa filosofia de projeto tem conduzido a elementos estruturais cada vez mais esbeltos e com frequências naturais cada vez mais baixas, portanto, mais próximas das faixas de frequência das excitações dinâmicas associadas a atividades rítmicas humanas. Face ao exposto, a verificação do estado limite de serviço de vibrações excessivas e o atendimento aos critérios normativos de conforto humano se tornaram relevantes já na fase de concepção arquitetônica, antes mesmo da elaboração do projeto. Dentro desse contexto, este artigo faz um levantamento do desenvolvimento histórico das pesquisas referentes ao comportamento dinâmico de diferentes sistemas de pisos utilizados em estruturas de aço e dos principais critérios normativos relacionados ao tema em questão.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5335/rsaee.v15i1.7123