Comportamento à flexão de vigas de aço tubulares retangulares submetidas a forças transversais localizadas

Jacqueline Maria Flor, Ricardo Hallal Fakury, Rodrigo Barreto Caldas, Davi Pedrosa de Aguiar

Resumo


Este artigo apresenta uma investigação preliminar sobre a influência de forças transversais localizadas no valor do momento resistente de vigas de aço tubulares retangulares com seção transversal compacta. Dois protótipos de vigas de 6 m de comprimento foram submetidos a ensaio de flexão sob a ação de duas forças transversais localizadas equidistantes dos apoios. Um modelo numérico foi desenvolvido para simular o comportamento das vigas e empregado em um estudo paramétrico. Os parâmetros investigados foram o método de aplicação das forças e o raio de concordância entre as mesas e as almas do tubo retangular. Constatou-se que seções transversais tubulares retangulares compactas podem apresentar falha oriunda de grandes deformações plásticas localizadas na região imediatamente abaixo da área de aplicação da força localizada, quando essa força comprime as almas. A colocação de chapas de reforço nas almas reduz significativamente o efeito deletério no momento resistente. Adicionalmente, observou-se que o efeito é mais acentuado nas seções transversais tubulares retangulares com raios de concordância mais elevados.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5335/rsaee.v14i2.6683