Ligações viga-viga de concreto preformado sob torção

  • Mikhail Luczynski Mestre em Engenharia Civil, Universidade Federal do Pará
  • Dênio Raman Carvalho de Oliveira Professor Doutor, Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal do Pará
  • Alcebíades Negrão Macêdo Professor Doutor, Departamento de Engenharia Civil, Universidade Federal do Pará.

Resumo

São apresentadas análises do comportamento experimental de oito conjuntos de vigas de concreto armado simulando a ligação viga-viga, submetida a esforços de torção, flexão e cisalhamento, sendo quatro conjuntos maciços e quatro preformados. A principal variável de estudo foi a taxa geométrica de armadura de pele no combate ao esforço de torção e à ruptura da ligação. As vigas apresentaram seções transversais de 150 mm x 400 mm e comprimentos de 1.800 mm e 600 mm para os trechos bi-engastados e em balanço, respectivamente. Os resultados experimentais mostraram que o comportamento dos outros conjuntos em relação aos de referência foram satisfatórios, viabilizando a utilização da armadura de pele como armadura adicional para reforço da ligação utilizando o sistema preformado.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-08-30
Seção
Art