Resistência ao corte de conectores do tipo perfobond sujeitos a altas temperaturas

  • João Paulo C. Rodrigues Departamento de Engenharia Civil, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade de Coimbra. Coimbra
  • Luís Laím Departamento de Engenharia Civil, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade de Coimbra. Coimbra

Resumo

Os conectores de corte são elementos fundamentais nas estruturas mistas de aço e betão porque garantem a acção mista entre o perfil de aço e a laje de betão. De entre os diversos tipos de conectores existentes destacam-se os Stud, os Perfobond, os Crestbond, entre outros, sendo o conector Stud o mais conhecido e empregue neste tipo de construções compósitas e, consequentemente, o mais estudado por autores da área. Contudo, ainda existe pouco conhecimento no desempenho estrutural ao corte deste tipo de conectores a altas temperaturas. Deste modo, este artigo apresenta um estudo experimental sobre o comportamento de conectores do tipo Perfobond a altas temperaturas. O programa experimental consistiu num conjunto de ensaios tipo push-out modificados à temperatura ambiente e a altas temperaturas, tendo como principais objectivos investigar a influência do número de furos no conector, a presença de armadura transversal nos furos e a interacção de dois conectores adjacentes, em função da temperatura. Uma das conclusões importantes a que este estudo chegou foi o facto da capacidade última de carga destes conectores ter sido significativamente afectada pela temperatura, em especial, para resistências ao fogo superiores a 60 minutos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-08-30
Seção
Art