[1]
A. L. Copetti Santos e A. Adams, “Movimento, teoria e institucionalização feminista na primeira onda de protagonismo político das mulhere”s, RJD, vol. 34, nº 1, p. 131-157, abr. 2020.