Propósito e Consequências do Novo Regime Fiscal Brasileiro

  • Guilherme Helfenberger Galino Cassi Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Paraná, PR
  • Oksandro Osdival Gonçalves Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Paraná, PR
Palavras-chave: Brasil, Despesas Primárias, Eficiência, Emenda Constitucional 95, Gestão Pública, Novo Regime Fiscal

Resumo

A Emenda Constitucional 95, promulgada em dezembro de 2016, incorporou ao ordenamento jurídico brasileiro o Novo Regime Fiscal. Com ele, as despesas primárias da União passam a ter um teto que deverá ser observado ao longo dos próximos vinte anos, cujo parâmetro são os gastos do exercício de 2016, reajustados ano a ano pela inflação. O ajuste fiscal tem por escopo garantir sustentabilidade à dívida pública federal, porém ao mesmo tempo arrisca impossibilitar a União de, durante o período de sua vigência, cumprir adequadamente as prestações de sua competência e que são indispensáveis à sociedade. Alvo de várias críticas, a existência do Novo Regime Fiscal propicia, porém, um incentivo para uma gestão pública mais eficiente, a qual depende agora de vontade política. Ainda, ao se vislumbrar os efeitos da restrição orçamentária prolongados no tempo, supõe-se que o regime aprovado é mais um factoide econômico, para a recuperação de confiança do mercado, do que um programa de Estado a ser aplicado pelo prazo previsto na Emenda Constitucional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Guilherme Helfenberger Galino Cassi, Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Paraná, PR
Doutor e Mestre em Direito Econômico pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Advogado e professor universitário. E-mail: guilhermecassi@hotmail.com.
Oksandro Osdival Gonçalves, Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Paraná, PR
Professor do Programa de Pós-Graduação em Direito (Mestrado/Doutorado) da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Professor titular de Direito Comercial da Escola de Direito da Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Membro do Conselho Editorial da Editora Fórum. Coordenador da Revista de Direito Empresarial. Pós-Doutor em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Doutor em Direito Comercial - Direito das Relações Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Mestre em Direito Econômico pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Advogado. E-mail: oksandro@oksandro.adv.br.
Publicado
2021-04-29
Como Citar
Helfenberger Galino Cassi, G., & Gonçalves, O. (2021). Propósito e Consequências do Novo Regime Fiscal Brasileiro. Revista Justiça Do Direito, 35(1), 191-225. https://doi.org/10.5335/rjd.v35i1.10807