El Museo de la Emigración Gallega en la Argentina: algunos comentarios sobre su génesis y exposición permanente

  • Ruy Gonzalo Farías Iglesias Universidad de Buenos Aires
Palavras-chave: Argentina, Imigração, Museu

Resumo

O Museu da Emigração Galega na Argentina é uma instituição criada com o objetivo de preservar a História, Memória e Identidade da imigração e do exílio galego nesse país austral. O presente estudo pretende analisar os acontecimentos que deram origem a criação do Museu a partir da Federação de Associações Galegas da República Argentina, entidade historicamente vinculada ao republicanismo, ao galeguismo e à cultura política de esquerda. Trata-se, também, de analisar a dependência dessas associações em relação às políticas de esquerdas e como esse fator foi determinante para a evolução do seu nome, para a eleição de suas autoridades e para o surgimento de um discurso implícito nas exposições de suas lideranças. Por último, busca-se refletir sobre os obstáculos que até hoje impedem o pleno desenvolvimento de seu potencial como um lugar de memória para o conjunto da comunidade galega na Argentina.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ruy Gonzalo Farías Iglesias, Universidad de Buenos Aires
Profesor de Historia por la Universidad de Buenos Aires (UBA) y Doctor en la misma disciplina por la Universidade de Santiago de Compostela (USC). E-mail: ruygonzalofarias@yahoo.com.ar
Publicado
2019-05-11
Como Citar
Farías Iglesias, R. (2019). El Museo de la Emigración Gallega en la Argentina: algunos comentarios sobre su génesis y exposición permanente. Revista História: Debates E Tendências, 19(2), 238-254. https://doi.org/10.5335/hdtv.2n.19.9428