A expedição militar ao norte do Paraguai antes da Retirada da Laguna

Mário Maestri

Resumo


A coluna militar enviada em inícios de 1865 através do interior do Império do Brasil para atacar o norte do Paraguai tinha sobretudo objetivos propagandísticos. Acreditava-se que a guerra terminaria muito antes que chegasse ao seu destino. Malcomandada e mal-organizada, ela deixaria rastro de mortos por doenças e deserções, antes de avançar, em junho de 1867, alguns quilômetros adentro do norte desabitado do território paraguaio, antes de empreender desastrada retirada. Pouco se destaca que essa última operação foi coordenada com o, igualmente paradoxal, assalto, a conquista e o abandono da vila de Corumbá, pelo apenas momeado presidente da província, o jovem Couto Magalhães.

Palavras-chave


Coluna expedicionária ao Mato Grosso. Guerra do Paraguai. Mato Grosso.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5335/hdtv.18n.2.8077