A representação da morte infantil em imagens cemiteriais no Brasil (séculos XIX e XX)

Alberto Gawryszewski

Resumo


A questão central desenvolvida neste trabalho foi o uso de imagens de crianças (fotografias e estatutárias) encontradas em sepulturas de cemitérios brasileiros nos séculos XIX e XX. O uso de fotografias em túmulos ainda carece de maiores pesquisas. O objetivo é possibilitar
ao leitor a abordagem histórica sobre um tema específico, oferecer uma
perspectiva quanto à construção da memória da criança, seja pelas imagens ou pelos escritos. As cidades escolhidas são de diversas regiões para ajudar na demonstração de um possível padrão ou de afinidade com a temática da morte. As cidades em que se localizam os cemitérios
e as datas das fotografias são citadas, ocultando-se o nome do cemitério
(quando possível) e o nome da família das crianças falecidas.




Palavras-chave: Adornos. Cemitério. Crianças. Imagem.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5335/hdtv.16n.2.6919