Revolução, história e tempo

  • Ricardo Oliveira da Silva

Resumo

Este artigo analisa o surgimento e as características do moderno conceito de revolução, relacionado à concepção de história que apareceu no século XVIII. Ambos os conceitos compartilham de uma concepção de tempo como uma sucessão linear de acontecimentos com uma finalidade. O declínio do moderno conceito de revolução como referência para as lutas sociais no final do século XX aponta para a necessidade de uma revisão do seu significado, assim como do moderno conceito de História. Uma resposta pode ser a formulação de uma concepção de tempo na qual os indivíduos se colocam como os artífices na construção de sua própria história. Palavras-chave: Revolução. História. Tempo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2015-08-19
Como Citar
Oliveira da Silva, R. (2015). Revolução, história e tempo. Revista História: Debates E Tendências, 15(1), 252-268. https://doi.org/10.5335/hdtv.15n.1.5288