Cativos nas fazendas pastoris do sul de Mato Grosso (1825-1888) Considerações de pesquisa

  • Elaine Cancian

Resumo

Diários de viajantes, inventários e obras dos cronistas possibilitam um estudo sobre as fazendas de Mato Grosso. As narrativas dos viajantes engajados nas missões particulares são significativas à investigação proposta, pois oferecem conhecimentos sobre as propriedades pastoris, as atividades praticadas, o modo de viver no campo, as edificações existentes e também a mão-de-obra utilizada. Neste trabalho apresento algumas reflexões sobre a presença do trabalhador escravizado nas terras mato-grossenses, sobretudo à luz da literatura de viagem do século XIX. Palavras-chave: Mato Grosso. Fazendas pastoris. Escravizados.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-05-08
Como Citar
Cancian, E. (2013). Cativos nas fazendas pastoris do sul de Mato Grosso (1825-1888) Considerações de pesquisa. Revista História: Debates E Tendências, 7(2), 119-137. https://doi.org/10.5335/hdtv.7n.2.3187