A participação da Fundação Rockefeller no processo de institucionalização da Escola de Enfermeiras Visitadoras na Colômbia

Palavras-chave: Colômbia, Enfermagem, Fundação Rockefeller

Resumo

Durante as décadas de 1920 a 1940, a Fundação Rockefeller (FR) teve papel central nos processos de institucionalização da enfermagem na América Latina e, em especial, na Colômbia. A Fundação desempenhou papel importante na formação de profissionais na enfermagem, sobretudo para as mulheres. Este estudo tem como objetivo analisar a atuação da FR no processo de institucionalização do campo da enfermagem colombiana por meio da Direção Nacional de Higiene, materializada no departamento de Enfermeiras Visitadoras. Assim, analisa-se a atuação de mulheres bolsistas da FR. Em específico, as trajetórias das bolsistas Jane Louise Cary White, Carolyn Tenney Ladd e Paulina Gomez-Vega. Além da literatura disponível, utiliza-se como fonte de pesquisa os fellowships cards das referidas bolsistas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARANGO, E. A.; RODRIGUEZ, P. T. Paulina Gómez Vega: educadora, pionera de los movimientos sufragistas en Colombia. In: ARANGO, D. S. et al. Educadores en América Latina y el Caribe del siglo XX al XXI. Tunja: Shela- Hisula, 2011.

BIRN, A. Marriage of convenience: Rockefeller International Health and revolutionary Mexico. Rochester: University of Rochester Press, 2006.

CUETO, M.; PALMER, S. Medicina e saúde pública na América Latina: uma história. Rio de Janeiro, Editora Fiocruz, 2016.

FARIA, L. R. Os primeiros anos da reforma sanitária no Brasil e a atuação da Fundação Rockefeller (1915-1920). Physis: Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 5, n. 1, p. 109-130, 1995.

FARIA, L.; COSTA, M. C. Cooperação científica internacional: estilos de atuação da Fundação Rockefeller e da Fundação Ford. Dados – Revista de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, v. 49, n. 1, p. 159-191, 2006.

KORNDÖRFER, A. P. A Fundação Rockefeller e a formação de quadros para a enfermagem (Brasil: 1917-1951), Nuevo Mundo Mundos Nuevos. Disponível em: http://journals.openedition.org/nuevomundo/76226. Acesso em: 15 jun. 2021.

MANCHOLA, J. I. L. Aportes de la Fundación Rockefeller en el desarrollo del concepto de Salud Pública. En: El mundo y la profesionalización de enfermería en Colombia (1901 – 1952). Trabalho de Conclusão de Curso. Universidad Nacional De Colombia Facultad De Enfermería, 2009.

PEDRAZA, H. La enfermería en Colombia: reseña histórica sobre su desarrollo. Bogotá: Editorial Minerva, 1954. p. 34-37.

QUEVEDO, E. et al. Café y gusanos, mosquitos y petróleo. Bogotá: Universidad Nacional de Colombia. Facultad de Medicina. Instituto de Salud Pública, 2004.

ROA, C. M. ¿De la subordinación a la autonomía? Proceso de profesionalización de la enfermería en Colombia de 1920 a 1958. Bogotá: Universidad Nacional de Colombia, Facultad de Ciencias Humanas, 2014.

SAMPER, I. D. Reabriendo la historia de la enfermeira professional: um tributo a la Academia de Medicina y a la Pablo Garcia Medina (1858-1935). In: Temas Médicos, v. 16, Bogotá: Academia Nacional de Medicina, 2003.

URQUIJO, N. M. G. Visiting nurses and the Rockefeller Foundation in Colombia, 1929-1932. Centro de Estudios Históricos, El Colegio de México. Rockefeller Archive Center Research Reports, 2019. Disponível em: https://rockarch.issuelab.org/resource/visiting-nurses-and-the-rockefeller-foundation-in-colombia-1929-1932.html. Acesso em: 19 mai. 2021.

VELANDIA, A. L. M. Historia de la enfermería en Colombia. Bogotá: Editora Universidade Nacional de Colombia, 2016. (Coleção cuidado y práctica de enfermería. Cuidado de enferemeria em diferentes situaciones de salud y vida).
Publicado
2021-08-24
Como Citar
Valente, P., & Nacif Pimenta, D. (2021). A participação da Fundação Rockefeller no processo de institucionalização da Escola de Enfermeiras Visitadoras na Colômbia. Revista História: Debates E Tendências, 21(3), 153 - 169. https://doi.org/10.5335/hdtv.21n.3.12857