A peste aporta em Santos e Rio de Janeiro

Palavras-chave: Brasil., Epidemia., Peste.

Resumo

Neste artigo, serão examinados alguns aspectos importantes do matizado processo de construção da narrativa científica sobre a peste bubônica em duas cidades portuárias brasileiras, nas quais o impacto de uma epidemia ocasionou e impulsionou tanto um forte debate em torno da doença quanto a busca de soluções científicas e sanitárias para as graves consequências locais de sua erupção. Essas duas cidades portuárias, a cidade de Santos, no estado de São Paulo, Brasil, e Rio de Janeiro, capital da República Federativa do Brasil, constituem-se não como loci passivos de uma epidemia mortal, mas como cenas privilegiadas de um intenso debate e de importantes experimentações em saúde pública, fundamentais para o controle do surto epidêmico, para construção de uma imagem da doença e para elaboração de um protocolo de conhecimento do mal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, Maria Antonia Pires de. O Porto e as epidemias: saúde e higiene na imprensa diária em períodos de crise sanitária, 1854-56, 1899 e 1918. Revista de História da Sociedade e da Cultura, 2012.

BENCHIMOL, Jaime Larry. Pereira Passos: um Haussmann tropical: a renovação urbana da cidade do Rio de Janeiro no inicio do século XX. Rio de Janeiro: Departamento Geral de Documentação e In-formação Cultural, 1990.

EDMUNDO, Luiz. O Rio de Janeiro do meu tempo. 2 ª edição, Rio de Janeiro, Editora Conquista, 1957.

HONORATO, Cezar. O polvo e o porto: a Cia. Docas de Santos (1888-1914). São Paulo; Hucitec; 1996.

NASCIMENTO, Dilene R. do ; SILVA, Matheus Alves Duarte. A peste bubônica no Rio de Janeiro e as estratégias públicas no seu combate (1900-1906). Revista Territórios & Fronteiras, Cuiabá, vol. 6, n. 2, jul.-dez., 2013.

NASCIMENTO, Dilene R. do.La llegada de la peste al Estado de Sao Paulo en 1899. Dynamis, vol.31 (1), p. 65-83, 2011.

PETRONI, Maria Tereza Schorer. Imigração. In: História Geral da Civilização Brasileira, sob a direção de Sérgio Buarque de Holanda. O Brasil Republicano. São Paulo: Difel, 1985, tomo III.

SILVA, Guilherme Álvaro. A campanha sanitária de Santos - Suas causas e seus efeitos (edição do Serviço Sanitário do Estado de São Paulo/Casa Duprat), 1919.
Publicado
2020-12-10
Como Citar
Raimundo do Nascimento, D. (2020). A peste aporta em Santos e Rio de Janeiro. Revista História: Debates E Tendências, 21(1), 44 - 58. https://doi.org/10.5335/hdtv.21n.1.12117