Displasia cemento-óssea florida: relato de dois casos tratados por diferentes abordagens

  • Elias Almeida dos Santos UFBA
  • Eduardo Francisco de Deus Borges
  • Lucas da Silva Barreto
  • Carlos Vinícius Ayres Moreira
  • Christiano Sampaio Queiróz
Palavras-chave: Cemento dentário, Displasia fibrosa óssea, Doenças do desenvolvimento ósseo

Resumo

Objetivo: relatar dois casos de displasia cemento-óssea florida, descrevendo a evolução clínico-radiográfica ao longo de 5 anos em um paciente assintomático e a abordagem cirúrgica em um caso sintomático. Relato de caso 1: paciente, melanoderma, sexo feminino, 56 anos de idade, encaminhada ao Serviço de Cirurgia Bucomaxilofacial da Universidade Federal da Bahia, por cirurgião-dentista clínico que notou alterações imagiológicas em radiografia panorâmica de rotina. Apesar da importante extensão da lesão em maxila e mandíbula, não havia qualquer sintoma ou sinal clínico de infecção. A paciente foi acompanhada durante 5 anos, com exames de imagem bianuais e medidas clínicas profiláticas. Relato de caso 2: paciente, melanoderma, sexo feminino, 57 anos, apresentou-se ao ambulatório de cirurgia queixando-se de atraso em cicatrização após remoção de um dente. A radiografia panorâmica e a tomografia computadorizada, em conjunto com dados clínicos, permitiram o diagnóstico de displasia cemento-óssea florida com infecção secundária. A paciente foi abordada por meio de osteotomia em região do defeito em mandíbula. A análise microscópica do espécime obtido confirmou a alteração displásica cementoide. Os sinais e sintomas regrediram e a paciente segue em acompanhamento. Considerações finais: a displasia cemento-óssea florida, portanto, é uma doença pouco frequente, cujas manifestações podem demandar diferentes abordagens. É importante o domínio clínico do cirurgião-dentista, uma vez que o diagnóstico equivocado pode guiar a escolhas terapêuticas com resultados insatisfatórios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Fenerty S, Shaw W, Verma R, Syed AB, Kuklani R, Yang J, et al. Florid cemento-osseous dysplasia: review of an uncommon fibro-osseous lesion of the jaw with important clinical implications. Skeletal Radiol 2017; 46(5):581-90.

El-Naggar AK, Chan JK, Grandis JR, Takat T, Slootweg PJ. World Health Organization Classification of Head and Neck Tumours. 4. ed. Lyon: IARC; 2017.

Sarmento DJ de S, Monteiro BV de B, de Medeiros AMC, da Silveira EJD. Severe florid cemento-osseous dysplasia: a case report treated conservatively and literature review. Oral Maxillofac Surg 2013; 17(1):43-6.

Mohan RPS, Verma S, Singh U, Agarwal N. Florid osseous dysplasia. BMJ Case Rep 2013; 2013(2):197-200.

Pereira DL, Pires FR, Lopes MA, Carlos R, Wright JM, Patel P, et al. Clinical, demographic, and radiographic analysis of 82 patients affected by florid osseous dysplasia: an international collaborative study. Oral Surg Oral Med Oral Pathol Oral Radiol 2016; 122(2):250-7.

Köse TE, Köse OD, Karabas HC, Erdem TL, Ozcan I. Findings of florid cemento-osseous dysplasia: a report of three cases. J oral Maxillofac Res 2013; 4(4):e4.

Yildirim E, Bağlar S, Ciftci M, Ozcan E. Florid cemento-osseous dysplasia: a rare case report evaluated with cone-beam computed tomography. J Oral Maxillofac Pathol 2016; 20(2):329.

Huh J-K, Shin S-J. Misdiagnosis of florid cemento-osseous dysplasia leading to unnecessary root canal treatment: a case report. Restor Dent Endod 2013; 38(3):160-6.

Kutluay Köklü H, Cankal DA, Bozkaya S, Ergün G, Bar E. Florid cemento-osseous dysplasia: Report of a case documented with clinical, radiographic, biochemical and histological findings. J Clin Exp Dent 2013; 5(1):e58-61.

Niang P, Ba A, Tamba B, Kounta A, Diatta M. Osseous dysplasia secondary infection: a case report. Surg Sci 2018; 9(3):109-14.

Mainville GN, Turgeon DP, Kauzman A. Diagnosis and management of benign fibro-osseous lesions of the jaws: a current review for the dental clinician. Oral Dis 2017; 23(4):440-50.

Ahmad M, Gaalaas L. Fibro-osseous and other lesions of bone in the jaws. Radiol Clin North Am 2018; 56(1):91-104.

Esfahanizadeh N, Yousefi H. Successful implant placement in a case of florid cemento-osseous dysplasia: a case report and literature review. J Oral Implantol 2018; 44(4):275-9.

Raubenheimer EJ, Noffke CE, Boy SC. Osseous dysplasia with gross jaw expansion: a review of 18 lesions. Head Neck Pathol 2016; 10(4):437-43.

Akbulut S, Demir MG, Basak K, Paksoy M. Maxillectomy for cementifying osseous dysplasia of the maxilla: a case report. Acta medica Hradec Kral 2015; 58(1):32-4.

Publicado
2019-08-02
Como Citar
Santos, E., Borges, E. F., Barreto, L., Moreira, C. V., & Queiróz, C. (2019). Displasia cemento-óssea florida: relato de dois casos tratados por diferentes abordagens. Revista Da Faculdade De Odontologia - UPF, 24(1), 132-140. https://doi.org/10.5335/rfo.v24i1.9080
Seção
Artigos