Escleroterapia em lesões vasculares de boca: relato de dois casos clínicos

  • Erick Alves Pereira Centro Universitário Doutor Leão Sampaio
  • Tiago França Araripe Cariri
Palavras-chave: Hemangioma, Tratamento, Escleroterapia, Malformações vasculares, Ethamolin

Resumo

O hemangioma é uma neoplasia de comportamento benigno, determinado pela proliferação anormal de vasos sanguíneos. São lesões assintomáticas, porém, seu crescimento progressivo pode acarretar danos traumáticos locais, ocasionando dor, ulcerações e até sangramentos, que, dependendo da localização, torna-se de difícil controle, principalmente quando de natureza arterial. Com considerável incidência na região de cabeça e pescoço, na cavidade bucal, acomete mais frequentemente a região de mucosa jugal, lábios e língua. Tendo em vista a sua relevância clínica, por estar presente na área de atuação do cirurgião-dentista e ser relativamente comum, o conhecimento a cerca desta neoplasia benigna é de fundamental importância. Dentre os recursos terapêuticos, a escleroterapia química é empregada apresentando resultados satisfatórios tanto clínicos quanto estéticos. O propósito do presente trabalho é de apresentar as características, os métodos de diagnóstico e o relato de dois casos clinicos de hemangioma, sendo um em mucosa jugal e outro em lábio superior, em duas pacientes do sexo feminino, tratados por meio da injeção de solução esclerosante, além de demonstrar a eficiência e segurança na utilização do oleato de monoetanolamina a 5% (Ethamolin). Em ambos os casos, foi possível proporcionar a involução das lesões com segurança, mediante procedimentos não-cirúrgicos, favorecendo, no período pós-operatório, o conforto e a estética.

Biografia do Autor

Tiago França Araripe Cariri
Professor do Curso de Odontologia do Centro Universitário Doutor Leão Sampaio.
Publicado
2018-12-18
Como Citar
Pereira, E., & Araripe Cariri, T. (2018). Escleroterapia em lesões vasculares de boca: relato de dois casos clínicos. Revista Da Faculdade De Odontologia - UPF, 23(3), 315-321. https://doi.org/10.5335/rfo.v23i3.8612
Seção
Artigos