Características morfológicas encontradas na cavidade oral de neonatos: revisão de literatura

  • Dayane Franco Barros Mangueira Leite Doutora em Estomatologia pela Universidade Federal da Paraíba. Professora Adjunto III do Departamento de Odontologia Restauradora da Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, PB, Brasil
  • Carla Alves Vieira Acadêmica do Curso de Odontologia da Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, PB, Brasil

Resumo

Objetivo: revisar a literatura sobre as características morfológicas da cavidade oral de recém-nascidos. Revisão de literatura: as profissões da área de saúde estão cada vez mais voltadas para um acompanhamento precoce do indivíduo, iniciando-se antes mesmo do nascimento ou nos primeiros dias de vida da criança. Sendo assim, recém-nascidos apresentam na cavidade oral características peculiares da sua fase de desenvolvimento que podem trazer dúvidas para os pais e/ou responsáveis. As principais variações da cavidade oral de recém-nascidos envolvem tecidos duros e tecidos moles. Considerando o posicionamento dos maxilares, as alterações mais comuns são: mordida aberta anterior, sobre mordida e mordida topo a topo. Em relação aos tecidos moles, o contorno dos lábios dos recém-nascidos se apresenta triangular e, com a amamentação constante, forma-se um aumento de volume na linha média do lábio superior. Considerações finais: além de ser necessário que os profissionais da área tenham conhecimento das características morfológicas da cavidade oral dos recém-nascidos, também é imprescindível que estes saibam diagnosticar possíveis anormalidades e, quando houver necessidade, indicar tratamento adequado. Palavras-chave: Manifestações bucais. Odontopediatria. Recém-nascido.
Publicado
2018-08-15
Como Citar
Leite, D., & Vieira, C. (2018). Características morfológicas encontradas na cavidade oral de neonatos: revisão de literatura. Revista Da Faculdade De Odontologia - UPF, 23(1). https://doi.org/10.5335/rfo.v23i1.8507
Seção
Artigos