Utilização do diário alimentar no diagnóstico do consumo de sacarose em odontopediatria: revisão de literatura

  • Gabriel Caixeta Ferreira Graduando em Odontologia – Instituto Nacional de Ensino Superior e Pós-graduação Padre Gervásio (Inapós), Faculdade de Pouso Alegre.
  • Vanessa Paulino Mizael Graduada em Pedagogia – Centro Superior de Ensino e Pesquisa de Machado Machado-MG.
  • Tatiany Gabrielle Freire Araújo Doutora em Materiais Dentários – Faculdade de Odontologia Piracicaba - Universidade Estadual de campinas, FOP-UNICAMP; Professor de Odontopediatria – Instituto Nacional de Ensino Superior e Pós-graduação Padre Gervásio (Inapós), Faculdade de Pouso Alegre.

Resumo

Objetivo: o presente trabalho tem por objetivo a realização de uma revisão de literatura sobre a utilização do diário alimentar para diagnóstico do uso de sacarose para o controle da cárie. Revisão de literatura: a cárie dentária está intimamente relacionada à dieta alimentar, principalmente à ingestão de carboidratos. Uma dieta rica em sacarose, além de promover um descontrole no biofilme, descontrola as funções fisiológicas da saliva, a microbiota bacteriana, bem como a saúde bucal por completo. Os hábitos presentes na dieta infantil constituem um fator importante para a determinação da etiologia e o desenvolvimento da cárie dentária, por isso é fundamental a orientação quanto saúde bucal e, principalmente, ao consumo racional de açúcar. Considerações finais: diante disso, os cuidados com os elementos dentários e a prevenção da cárie devem iniciar desde a infância. Para este fim, são de suma importância, além de uma boa higiene oral, uma dieta adequada às crianças e mudanças de atitudes dos pais sobre a alimentação infantil. Palavras-chave: Cárie dentária. Dieta. Sacarose.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Feijó IDS, Iwasaki KMK. Cárie e dieta alimentar. Rev Uningá Review, 2014; 19(3):44-50.

Carvalho TP, Maske TT, Signori C, Brauner KV, Oliveira EFD, Cenci MS. Desenvolvimento de lesões de cárie em dentina em um modelo de biofilme simplificado in vitro: um estudo piloto. Rev Odontol Unesp, 2018; 47(1):40-4.

Dal Gallo Faria JF, Figueiredo MC, Simões BDS, Mundstock KS. Análise do consumo de sacarose na dieta dos pacientes em tratamento na Clínica da Faculdade de Odontologia da UFRGS. Rev Fac Odontol Univ Passo Fundo 2016; 21(1):43-8.

Santos SPD, Vieira GO, Scavuzzi AIF, Gomes Filho IS. Práticas alimentares e cárie dentária - uma abordagem sobre a primeira infância. Rev Assoc Paul Cirurgiões-Dentistas 2016; 70(1):12-8.

Parisotto TM, Steiner-Oliveira C, Souza CM, de Almeida MEC, Rodrigues LA, Nobre-dos-Santos M. A importância da prática de alimentação, higiene bucal e fatores sócio-econômicos na prevalência da cárie precoce da infância em pré-escolares de Itatiba-SP. Rev Odontol Brasil Central 2010; 19(51):333-9.

Scherma AP, Dias ACG, Raslan S. Aspectos nutricionais relacionados à prevenção de cáries na infância. Clín Pesq Odontologia-Unitau 2011; 3(1):37-44.

de Oliveira Santos AMC, Cesar AC, da Silva CM, da Costa Zollner MSA, Lopes AMS. Estudo da relação entre a prevalência de cárie e hábitos alimentares em crianças de 3 a 5 anos. Clín Pesq Odontologia-Unitau, 2010; 2(1):10-5.

Biral AM, Taddei JADAC, Passoni DF, Palma D. Cárie dentária e práticas alimentares entre crianças de creches do município de São Paulo. Rev Nutr, Campinas 2013; 26(1):37-48.

Nunes VH, Perosa GB. Cárie dentária em crianças de 5 anos: fatores sociodemográficos, lócus de controle e atitudes parentais. Ciênc Saúde Colet 2017; 22(1):191-200.

Prado SD, Bosi MLM, de Carvalho MCVS, Gugelmin SÂ, de Mattos RA, Camargo Junior KR, et al. Alimentação e nutrição como campo científico autônomo no Brasil: conceitos, domínios e projetos políticos. Rev Nutrição 2011; 24(6):927-38.

Dias ACG, Raslan S, Scherma AP. Aspectos nutricionais relacionados à prevenção de cáries na infância. ClipeOdonto 2011; 3(1):37-44.

Macedo CR. Cuidados gerais e higiene oral para prevenção de cáries em crianças. Diag Tratamento 2010; 15(4):191-3.

Cantoral A, Tellez-Rojo MM, Ettinger AS, Hu H, Hernandezavila M, Peterson K. Early introduction and cumulative consumption of sugar-sweetened beverages during the pre-school period and risk of obesity at 8-14 years of age. Pediatr Obes 2016; 11(1):68-74.

França S. Açúcar x cárie e outras doenças: um contexto mais amplo. Rev Assoc Paul Cirurgiões-Dentistas 2016; 70(1):6-11.

Hinnig PDF, Bergamaschi DP, Gambardella AMD, Aguiar OB, França GVA, Zeraib DP, et al. Preenchimento de Registro Alimentar por escolares de 7 a 10 anos. Nutrire Rev Soc Bras Aliment Nutr 2010; 35(1):47-57.

Menezes MC, Horta PM, Santos LC, Lopes ACS. Avaliação do consumo alimentar e de nutrientes no contexto da atenção primária à saúde. Ceres 2011; 6(3):175-90.

Hasselkvist A, Johansson A, Johansson AK. Association between soft drink consumption, oral health and some lifestyle factors in Swedish adolescents. J Int Soc Prev Community Dent 2014; 4(1):52-5.

Fisberg RM, Marchioni DML, Colucci ACA. Avaliação do consumo alimentar e da ingestão de nutrientes na prática clínica. Arq Bras Endocrinol & Metabologia 2009; 53(5):617-24.

Doichinova L, Bakardjiev P, Peneva M. Assessment of food habits in children aged 6–12 years and the risk of caries. Biotechnology & Biotechnological Equip 2015; 29(1):200-4.

Tini GF, Long SM. Avaliação de diários alimentares de crianças atendidas na clínica infantil de uma universidade privada de São Paulo. Odonto 2015; 23(45-46):57-64.

Scalioni FAR, Figueiredo SR, Curcio WB, Alves RT, Leite ICG, Ribeiro RA. Hábitos de dieta e cárie precoce da infância em crianças atendidas em faculdade de Odontologia brasileira. Pesq Bras Odontopediatria Clín Int 2012; 12(3):399-404.

Schröder ML, Hermann MJ, Martins AH. Conhecimentos, mitos e dicas sobre educação nutricional para os colaboradores de um hospital localizado na cidade de Cascavel-PR. Rev Thêma et Scientia 2015; 5(1):160-6.

Arheiam A, Albadri S, Brown S, Burnside G, Higham S, Harris R. Are diet diaries of value in recording dietary intake of sugars? A retrospective analysis of completion rates and information quality. Br Dent J 2016; 221(9):571-6.

Hanan SA, da Silva AA, Pacheco AM, Simões RH, Zacarias Filho RP. Concentração de açúcares presentes em alimentos infantis industrializados consumidos por crianças de Manaus-AM. Pesq Bras Odontoped ClínIntegrada 2012; 12(3):419-24.

Feldens CA, Giugliani ERJ, Vigo Á, Vítolo MR. Early feeding practices and severe early childhood caries in four-year-old children from southern Brazil: a birth cohort study. Caries Res 2010; 44(5):445-52.

Feldens CA, Kramer PF, Rodrigues PH, Sequeira MC, Vitolo MR. Maternal education is an independent determinant of cariogenic feeding practices in the first year of life. Eur Archives Paed Dent 2012; 13(2):70-5.

Chaffee BW, Feldens CA, Vítolo MR. Association of long-duration breastfeeding and dental caries estimated with marginal structural models. Annals Epidemiol 2014; 24(6):448-54.

Liang H, Levy SM, Warren JJ, Broffitt B. Infant Breast-feeding and Childhood Caries: a nine-year study. Pediatric Dent 2014; 36(4):342-7.

Publicado
2018-08-15
Como Citar
Ferreira, G., Mizael, V., & Araújo, T. (2018). Utilização do diário alimentar no diagnóstico do consumo de sacarose em odontopediatria: revisão de literatura. Revista Da Faculdade De Odontologia - UPF, 23(1). https://doi.org/10.5335/rfo.v23i1.8506
Seção
Artigos