Rotatividade de profissionais da Estratégia Saúde da Família no município de Montes Claros, Minas Gerais, Brasil

  • Bárbara Quadros Tonelli
  • Ana Paula dos Reis Leal
  • Wanini Félix Quadros Tonelli
  • Daniella Cristina Martins Dias Veloso
  • Dulce Pimenta Gonçalves
  • Stephanie Quadros Tonelli Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Universidade Estadual de Montes Claros
Palavras-chave: Atenção primária em saúde, Estratégia Saúde da Família, Rotatividade de pessoal

Resumo

 Objetivo: analisar a rotatividade dos profissionais de saúde vinculados às Equipes de Saúde da Família (ESFs) de Montes Claros, MG. Sujeitos e método: trata-se de um estudo transversal de natureza quantitativa do tipo exploratório e descritivo. Os dados foram extraídos do Relatório de Profissionais Desligados no Estabelecimen­to do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), no período de fevereiro de 2001 a agosto de 2016. Resultados: foram avaliados 811 profissionais, dos gêneros feminino (n=599) e masculino (n=212), em 93 ESFs. Estiveram cadastrados 283 médicos, 264 enfermeiros, 50 técnicos de enfermagem, 75 auxiliares de enfermagem, 78 dentistas, 56 auxiliares de saúde bu­cal e 5 técnicos de saúde bucal. A média do tempo de permanência (TP) dos profissionais nas ESFs foi de 20 meses, sendo que o tempo mais frequente foi menor que 1 mês (6,2%), seguido pelos tempos de 1 (5,9%) e 2 (4,3%) meses; 48,82% dos profissionais (n=396) permaneceram por tempo menor que 12 meses. Os cirurgiões-dentistas foram os profissionais que tiveram maior TP dentre os profissionais de nível superior, e profissionais de nível médio apresentaram TP significa­tivamente maior. Conclusão: pôde-se observar uma alta taxa de rotatividade profissional nas ESFs no município avaliado.

Biografia do Autor

Stephanie Quadros Tonelli, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Universidade Estadual de Montes Claros
Stéphanie Quadros Tonelli Graduada em Odontologia pela Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes (2013). Bolsista de Iniciação Científica pela Fundação de Amparo à Pesquisa do estado de Minas Gerais - FAPEMIG (2011-2013). Possui especialização na modalidade Residência Multiprofissional em Saúde da Família pelo Hospital Universitário Clemente de Faria/Unimontes (2016) e Mestrado em Clínicas Odontológicas com ênfase em Endodontia pela PUC Minas (2016). Doutoranda em Odontologia pela PucMinas e pós-graduanda em Endodontia pela ABO Regional Montes Claros. Atuou como Tutora da Residência Multiprofissional em Saúde da Família pelo HUCF/Unimontes - Pólo Salinas, MG (2016/2018). Docente do Curso de Graduação em Odontologia das Faculdades Verde Norte - Favenorte (desde 2017) e Endodontista em consultório particular.
Publicado
2018-10-22
Como Citar
Tonelli, B., Leal, A. P., Tonelli, W., Veloso, D. C., Gonçalves, D., & Tonelli, S. (2018). Rotatividade de profissionais da Estratégia Saúde da Família no município de Montes Claros, Minas Gerais, Brasil. Revista Da Faculdade De Odontologia - UPF, 23(2). https://doi.org/10.5335/rfo.v23i2.8314
Seção
Artigos