A efetividade de dois tratamentos para disfunção temporomandibular muscular: estudo piloto

Palavras-chave: Agulhamento seco, Disfunção temporomandibular, Dor orofacial, Força de mordida.

Resumo

Objetivo: comparar a eficácia de dois protocolos de tratamento para disfunção temporomandibular (DTM)de origem muscular. Sujeitos e método: Estudantes da Faculdade Especializada na Área de Saúde do RioGrande do Sul foram selecionados por meio de questionário, para avaliar a presença de sinais e sintomasde DTM e diagnóstico de DTM muscular pelos Critérios de Diagnóstico para Transtornos da Pesquisa Temporomandibular. Dez estudantes compuseram a amostra, divididos em dois grupos, de acordo com o protocolo de tratamento: G1 – hipertermia induzida, exercícios mandibulares e massagem; e G2 – agulhamentoseco, hipertermia induzida, exercícios mandibulares e massagem. Os alunos foram instruídos a realizar o protocolo do tratamento G1 todos os dias em casa e na instituição de ensino por três sessões, que ocorreram acada cinquenta dias. O agulhamento seco foi realizado no G2 apenas nas segunda e terceira sessões de tratamento. Para avaliar a efetividade dos dois tratamentos antes e após cada sessão, avaliaram-se: abertura bucal (AB), por meio de régua milimetrada; dor, pela escala visual analógica; força de mordida (FM), usando ummedidor de força digital; e qualidade de vida, avaliada imediatamente antes do início do tratamento e depoisdo término do tratamento. Resultados: a dor mostrou diferença estatística significativa no G2 após a segundasessão (p=0,020) e a terceira sessão (p=0,047). Os demais resultados mostram que não houve diferençaestatisticamente significativa entre os grupos (p>0,05). Conclusão: considera-se que neste estudo piloto ambosos tratamentos foram eficazes para DTM muscular, uma vez que todos os pacientes apresentaram melhora dossintomas. Não houve diferença estatisticamente significativa entre os tratamentos, exceto a dor pós-procedimento, causada pela técnica do agulhamento seco.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Júlia Pagnussat
Cirurgiã-dentista, Espumoso, RS, Brasil.
Leonardo Saraiva
Odontologia- Traumatologia Bucomaxilofaciais
Aline Avrella
Cirurgiã-dentista, Iraceminha, SC, Brasil.
Larissa Pires Ceron
Cirurgiã-dentista, Passo Fundo, RS, Brasil.
Fernando Thalheimer Bacchi
Mestre em Prótese Dentária, professor da Faculdade Especializada na Área de Saúde do Rio Grande do Sul, Passo Fundo, RS, Brasil.
Carolina Barreto Mozzini
Doutora em Ciência, fisioterapeuta oncológica no Hospital da Cidade de Passo Fundo, Passo Fundo, RS, Brasil.
Publicado
2018-12-18
Como Citar
Pagnussat, J., Saraiva, L., Avrella, A., Ceron, L., Bacchi, F., & Mozzini, C. (2018). A efetividade de dois tratamentos para disfunção temporomandibular muscular: estudo piloto. Revista Da Faculdade De Odontologia - UPF, 23(3), 284-290. https://doi.org/10.5335/rfo.v23i3.8313
Seção
Artigos