A satisfação profissional de cirurgiões-dentistas da atenção básica em um município no sul do Brasil com diretrizes municipais de saúde bucal

  • Júlia Guedes Alves Faculdade de Odontologia - Universidade Federal de Pelotas
  • Vitor Henrique Digmayer Romero Acadêmico na Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil
  • Peterson Oliveira Boeira Doutorando em Materiais dentários pelo Programa de Pós-graduação em Odontologia da Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil
  • Tania Izabel Bighetti Doutora em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo e professora do Departamento de Odontologia Social e Preventiva da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil
  • Eduardo Dickie de Castilhos Doutor em Epidemiologia da Universidade Federal de Pelotas e professor do Departamento de Odontologia Social e Preventiva da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil
Palavras-chave: Administração em saúde pública, Satisfação no emprego, Saúde pública

Resumo

 Objetivo: identificar a satisfação profissional de cirur­giões-dentistas atuantes na atenção básica do Sistema Único de Saúde em um município do sul do Brasil, que foi pioneiro na implantação de diretrizes municipais de saúde bucal. Sujeitos e método: para a coleta dos da­dos, foram utilizados componentes descritivos a partir de dados secundários obtidos por meio de um questio­nário aplicado para todos os cirurgiões-dentistas atuan­tes no referido serviço. Resultados: no total, 46 profis­sionais foram incluídos na amostra, sendo que 82,5% estavam satisfeitos em seu trabalho e, desses, o reco­nhecimento dos usuários do serviço foi o fator que os cirurgiões-dentistas mais associaram à felicidade. Já os fatores mais relacionados à infelicidade no trabalho são as críticas ao salário e os usuários não colaboradores; 97,8% acreditavam que seu trabalho fazia diferença na comunidade em que estavam inseridos. Conclusão: este estudo sugere que estabelecer diretrizes no proces­so de trabalho pode ter um impacto positivo na prática e na satisfação dos profissionais, e essas estratégias po­dem ser utilizadas como amparo para planejamento em gestão de saúde bucal de forma sistematizada.

Biografia do Autor

Júlia Guedes Alves, Faculdade de Odontologia - Universidade Federal de Pelotas
Cirurgiã-dentista graduada pela Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil
Publicado
2018-10-22
Como Citar
Alves, J., Digmayer Romero, V., Boeira, P., Bighetti, T., & Castilhos, E. (2018). A satisfação profissional de cirurgiões-dentistas da atenção básica em um município no sul do Brasil com diretrizes municipais de saúde bucal. Revista Da Faculdade De Odontologia - UPF, 23(2). https://doi.org/10.5335/rfo.v23i2.8083
Seção
Artigos