Probióticos associados ao tratamento das doenças periodontais: revisão de literatura

  • Matheus Völz Cardoso Periodontia, Faculdade de Odontologia de Bauru, Universidade de São Paulo http://orcid.org/0000-0002-7609-8003
  • Mariana Schutzer Ragghianti Zangrando Professora assistente de Periodontia da Faculdade de Odontologia de Bauru, Universidade de São Paulo, Bauru, São Paulo.
  • Adriana Campos Passanezi Sant’ana Professora associada de Periodontia, Faculdade de Odontologia de Bauru, Universidade de São Paulo, Bauru, São Paulo.
  • Maria Lúcia Rubo de Rezende Professora associada de Periodontia, Faculdade de Odontologia de Bauru, Universidade de São Paulo, Bauru, São Paulo
  • Sebastião Luiz Aguiar Greghi Professor titular de Periodontia, Faculdade de Odontologia de Bauru, Universidade de São Paulo, Bauru, São Paulo.
  • Carla Andreotti Damante Professora associada de Periodontia, Faculdade de Odontologia de Bauru, Universidade de São Paulo, Bauru, São Paulo

Resumo

Objetivo: revisar a literatura sobre o tratamento das doenças periodontais associado à probióticos, identificando as funcionalidades e os principais agentes microbianos empregados. Material e método: foi realizada busca nas bases de dados eletrônicas PubMed e ScienceDirect, empregando os termos de busca probiotics e periodontal diseases. Como critérios de inclusão, foram selecionadas pesquisas clínicas originais e ensaios clínicos publicados em português ou inglês. Resultados: após pesquisa e minuciosa revisão por título e resumo de cada estudo, 40 ensaios clínicos randomizados foram selecionados para avaliação dos desfechos observados. Todos os estudos empregaram probióticos associados à raspagem, alisamento e polimento coronorradicular. A cepa bacteriana mais utilizada é o Lactobacillus reuteri.Foi demonstrado que os probióticos conferem potencial auxilio ao tratamento das lesões periodontais. Embora os parâmetros avaliados nem sempre sejam beneficiados pelo tratamento, o uso dos microrganismos benéficos reduziu a necessidade de intervenção cirúrgica principalmente em pacientes com bolsas profundas. Considerações finais: A utilização dos probióticos se mostra segura e traz pequenos ganhos auxiliares no tratamento das doenças que acometem o periodonto. Desenhos de estudos com rigor metodológico e amostras representativas são encorajados visando analisar e testar os benefícios desses agentes. Palavras-chave: Doenças periodontais. Lactobacillus. Probióticos.
Publicado
2018-08-15
Como Citar
Cardoso, M., Ragghianti Zangrando, M., Passanezi Sant’ana, A., de Rezende, M. L., Greghi, S. L., & Damante, C. (2018). Probióticos associados ao tratamento das doenças periodontais: revisão de literatura. Revista Da Faculdade De Odontologia - UPF, 23(1). https://doi.org/10.5335/rfo.v23i1.7962
Seção
Artigos