Prótese parcial fixa conservadora com duplo sistema de fixação: relato de caso

Wilson Matsumoto, Rossana Pereira de Almeida, Takami Hirono Hotta

Resumo


Objetivo: apresentar uma alternativa conservadora de tratamento, com duplo sistema de fixação, em um caso de insucesso com prótese parcial fixa adesiva. Relato de caso: Paciente do gênero feminino, 41 anos de idade, compareceu para tratamento na Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto com uma prótese parcial fixa adesiva, na região do dente 36, com deficiência na retenção e necessidade recorrente de fixação. No exame clínico, verificou-se desadaptação dos retentores metálicos nas faces linguais dos dentes pilares tornando inviável a re-fixação da peça. Os preparos realizados nos dentes apresentavam deficiências na extensão e ausência de apoios nas cristas marginais e paralelismo entre os dentes preparados. Como tratamento foram realizados restauração da morfologia dos dentes pilares com resina composta, e confecção de uma prótese parcial fixa ultraconservadora que resultou na manutenção das características de preparos com reduzido desgaste, restabelecimento da estética, da oclusão e eficácia na retenção da peça protética. Considerações finais: Pode-se considerar que a prótese parcial fixa ultraconservadora, além de indicada para pequenos espaços edêntulos, com objetivo principal de preservação de estrutura dental, apresenta excelente sistema de fixação no substrato e pode ser utilizada como terapia alternativa em caso de insucesso da prótese parcial fixa adesiva.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5335/rfo.v22i2.7399