Cimentos biocerâmicos em endodontia: revisão de literatura

  • Naggila Fernanda Figueiredo Lima Graduada em Odontologia, Faculdade Integral Diferencial –DeVry| Facid Pós-graduanda em Endodontia pelo Instituto LatoSensu
  • Priscilla Raquel Negreiros dos Santos Graduada em Odontologia, Faculdade Integral Diferencial –DeVry| Facid Pós-graduanda em Endodontia pelo Instituto LatoSensu
  • Marlus da Silva Pedrosa
  • Maraisa Greggio Delboni Mestre e Doutora em Clínicas Odontológicas (Endodontia), Faculdade de Odontologia de Piracicaba - FOP/ UNICAMP Professora e Coordenadora dos Cursos de Pós-graduação em Endodontia, Instituto LatoSensu

Resumo

Cimentos biocerâmicos vêem se tornando populares na ndodontia como material obturador do sistema de canais radicular devido às suas várias vantagens. Objetivo: Revisar a literatura atualmente disponível sobre as propriedades de cimentos biocerâmicos na endodontia. Metodologia: Uma pesquisa bibliográfica exploratória foi realizada utilizando as bases de dados eletrônicas Public Medline (PubMed), Scopus, Embase, e Web of Science empregando o termo de busca “Bioceramic” AND “Endodontic”. Os critérios de inclusão foram: artigos de pesquisas originais e ensaios clínicos publicados em português, espanhol e inglês. Não foram aplicados limites a data de publicação. Resultados: Foram identificados 30 estudos que abordaram propriedades de cimentos biocerâmicos em endodontia publicados em um período de 7 anos (2011-2017). As propriedades e características vantajosas destacadas nos estudos foram: biocompatibilidade, citotoxicidade, bioatividade, capacidade de manchamento dentário, radiopacidade, pH e extravasamento (extravasamento não se enquadra como propriedade), adaptação marginal, resistência de união, resistência a fratura das raízes, capacidade seladora, e propriedades antibacterianas. Conclusão: Os estudos selecionados para esta revisão de literatura mostram que os cimentos endodônticos biocerâmicos apresentam propriedades promissoras para serem utilizados no tratamento de canais radiculares.
Publicado
2017-12-19
Como Citar
Lima, N., dos Santos, P. R., Pedrosa, M., & Delboni, M. (2017). Cimentos biocerâmicos em endodontia: revisão de literatura. Revista Da Faculdade De Odontologia - UPF, 22(2). https://doi.org/10.5335/rfo.v22i2.7398
Seção
Artigos