Terapia fotodinâmica em canais infectados com Enterococcus faecalis: revisão de literatura

  • Rone Felipe Lima Pereira Departamento de Pós-graduação em Endodontia do Instituto Latosensu, Teresina-PI.
  • Marlus da Silva Pedrosa Departamento de Odontologia da Faculdade Integral Diferencial –DeVry| Facid Brasil.
  • Maraisa Greggio Delboni Departamento de Pós-graduação em Endodontia do Instituto Latosensu, Teresina-PI.

Resumo

Revisar a literatura atualmente disponível sobre a as evidências científicas acerca da terapia fotodinâmica em canais infectados com E. faecalis. Metodologia: Uma pesquisa bibliográfica exploratória foi realizada utilizando as bases de dados eletrônicas Public Medline (PubMed) e Scopus, empregando os termos de busca Photodynamic therapy AND Endodontics. Os critérios de inclusão foram: artigos de pesquisas originais e ensaios clínicos publicados em português, espanhol e inglês. Não foram aplicados limites a data de publicação. Resultados: A busca inicial resultou em um total de 96 títulos. 74 estudos foram excluídos após a leitura de seus títulos e resumos, sendo os 22 manuscritos restantes avaliados e considerados elegíveis para o propósito desta revisão de literatura. Os manuscritos são representados, em sua maioria, por estudos laboratoriais in vitro. Conclusão: A terapia fotodinâmica, até o presente momento, têm sido sugerida como um potencial adjuvante para maximizar a desinfecção de canais radiculares infectados com Enterococcus faecalis. Há necessidade de estudos adicionais para determinar os parâmetros apropriados para protocolos viáveis para utilização da PTD em tratamentos endodônticos, bem como de ensaios clínicos randomizados e controlados de forma a verificar in vivo estes resultados.
Publicado
2017-12-19
Como Citar
Pereira, R. F., Pedrosa, M., & Delboni, M. (2017). Terapia fotodinâmica em canais infectados com Enterococcus faecalis: revisão de literatura. Revista Da Faculdade De Odontologia - UPF, 22(2). https://doi.org/10.5335/rfo.v22i2.7397
Seção
Artigos