Reabilitação estética após fratura mandibular unilateral e perda precoce de dentes anteriores: relato de caso

Tamara Ripplinger, Gabriela dos Santos Pinto, Deisi Spessato, Larissa Corrêa Brusco Pavinato, Caroline Dias Tams Riffel

Resumo


Objetivo: discutir reabilitação de um caso clínico de avulsão precoce de dentes decíduos com fratura mandibular unilateral ocorrida após uma queda de três metros de altura. Relato de caso: paciente do gênero masculino, leucoderma, 2 anos e 5 meses de idade, apresentou-se na emergência do Hospital São Vicente de Paulo na cidade de Passo Fundo - RS com história de queda da laje da casa que estava em reforma. Ao exame físico intraoral, observou-se ausência dos elementos dentários 51 e 61, equimose em região mandibular unilateral e fratura mandibular. Como tratamento adotado utilizou-se um mantedor de espaço estético-funcional após a redução da fratura mandibular. Considerações finais: a ausência dos padrões de sorriso das crianças influencia a saúde e qualidade oral de vida de duas maneiras, no aspecto psicológico que inclui autopercepção da criança do seu próprio sorriso e o aspecto social que inclui a utilização do sorriso para demonstração de sentimentos. No caso relatado, o paciente embora jovem valorizava a questão estética e solicitou a reabilitação, fator importante a ser considerado, pois a autoimagem e a autoestima estão em formação e se não bem trabalhadas podem trazer consequências psicológicas para a vida adulta.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5335/rfo.v22i1.6436