Amelogênese imperfeita – cinco anos de acompanhamento

  • Larissa Correa Brusco
  • Eloísa Correa Brusco
  • Henrique Ruschel
  • Paulo Kramer

Resumo

A amelogênese imperfeita é caracterizada como um grupo diverso de desordens hereditárias que representam anormalidades estruturais do esmalte. Tendo em vista a ocorrência dessa anomalia em proporções de 1:718 a 1:14.000 pessoas, bem como a complexidade no seu diagnóstico e tratamento, o presente estudo tem por intuito descrever o acompanhamento longitudinal de um caso de amelogênese imperfeita hipoplásica em ambas as dentições de uma paciente leucoderma de cinco anos, que apresentava os dentes amarelados, disformes e de tamanho alterado. O acompanhamento clínico e radiográfico da paciente durante cinco anos envolveu orientação de higiene bucal, tratamento cirúrgico, endodôntico e restaurador. Em razão da possível complexidade de casos como o dessa paciente, a correta identificação desta enfermidade, seguida pelos tratamentos restaurador e preventivo, é essencial para que o paciente alcance uma dentição satisfatória do ponto de vista estético-funcional.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-08-09
Como Citar
Brusco, L., Brusco, E., Ruschel, H., & Kramer, P. (2010). Amelogênese imperfeita – cinco anos de acompanhamento. Revista Da Faculdade De Odontologia - UPF, 13(1). https://doi.org/10.5335/rfo.v13i1.594
Seção
Artigos