Programa de Educação pelo trabalho para a saúde “PET-SAÚDE” na formação profissional de dentistas: lesões aprendidas na atenção primária

  • Patricia Vitor de Souza
  • Ana Maria Lucas Guimarães
  • Bruna Bruschi Oliveira
  • Daniella Andrade Guimarães
  • Mabel Miluska Suca Salas Universidade Federal de Pelotas
  • Christiane Carvalho Murta Botelho

Resumo

Objetivo. O objetivo do estudo foi analisar a percepção do impacto do programa PET-SAÚDE/GRADUASUS na formação em odontologia e na interação ensino, serviço e comunidade. Metodologia.Trata-se de um relato das ações realizadas e percepção dos discentes de odontologia na formação profissional odontológica e integração ensino, serviço e comunidade do programa PET-SAÚDE/GRADUASUS. Durante um ano foram realizadas e registradas atividades em conjunto com a equipe de saúde bucal de diagnóstico situacional, planejamento estratégico e de intervenção na comunidade da área de abrangência da Estratégia de Saúde da Família São Raimundo I.  Ações educativas nos grupos operativos, visitas domiciliares, escolas e salas de espera da ESF focando em agravos à saúde prioritários foram realizadas. Resultados. Em decorrência das ações de educação, a sobrecarga da demanda do profissional diminuiu. A comunidade recebeu maior assistência das ações de prevenção, promovendo-se a participação ativa no processo saúde-doença. Na percepção discente houve a ampliação do conhecimento sobre a o processo saúde-doença e o Sistema único de Saúde, através da vivência prática de conceitos teóricos, assim como a aquisição de habilidades e capacidades necessárias para a atuação em saúde. Conclusão. As ações realizadas como parte do programa promoveram resultados positivos na formação profissional, beneficiando o serviço e a comunidade e a integração entre eles.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

1. Brasil. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal; 1988.
2. Brasil. Lei n. 8.080, de 19 de setembro de 1990. Condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências. 8080. Brasilia: Ministerio da Saúde; 1990.
3. Brasil. Política Nacional de Atenção Básica. In: Básica DdA, editor. 4a ed ed. Brasília: Ministério da Saúde; 2007. p. 68.
4. Cavalheiro MTP, Guimarães AL. Formação para o SUS e os Desafios da Integração Ensino Serviço. Caderno FNEPAS 2011;1:18-27.
5. Nascimento DDG, Oliveira MAdC. Reflexões sobre as competências profissionais para o processo de trabalho nos Núcleos de Apoio à Saúde da Família O mundo da Saúde, São Paulo. 2010;34(1):92-6.
6. Nascimento DDGd, Oliveira MAdC. Competências profissionais e o processo de formação na residência multiprofissional em Saúde da Família. Saúde e Sociedade. 2010;19(4):814-27.
7. Salette SM, Horto M. Os projetos PRÓ-SAÚDE/PET-Saúde e a Universidade. Revista de Epidemiologia e Controle de Infecção. 2012;2(3):80-1.
8. Brasil. Portaria Interministerial nº N 1.802, de 26 de agosto de 2008. Institui o Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde - PET - Saúde. Brasília: Diário Oficial da União 2008. p. 97.
9. Arruda AE, Viegas CnS, Alves CRL, Goulart MZC, Nunes MGP, Garcia JL, et al. Integração ensino e serviço na formação em saúde: a experiência do Pró-Saúde II-PUC-SP e Supervisão Técnica de Saúde da Fó-Brasilândia/ SMSS. Revista Brasileira de Educação Médica. 2012;36(1):102-10.
10. Pizzinato A, Gustavo AdS, Santos BRLd, Ojeda BS, Ferreira E, Thiesen FV, et al. A integração ensino-serviço como estratégia na formação profissional para o SUS. Revista Brasileira de Educação Médica. 2012;36(1, Supl. 2):170-7.
11. Castilho LS, Resende VLS, Pacheco AR, Nunes L, Lages FS. A formação do estudante de odontologia e a educação em saúde para a população: a experiência de um projeto de extensão universitária. Interfaces – Rev de Extensão. 2014;17(2):120-30.
12. Fadel CB, Bordin D, Kuhn E, Martins LD. O impacto da extensão universitária sobre a formação acadêmica em Odontologia. Interface - Comunicação, Saúde, Educação. 2013;17(47):937-46.
13. Seixas SIL, Corrêa TdJS, Nogueira CdSF, Zuchelli MG. Atividades de extensão no aprimoramento do processo ensino-aprendizagem na formação de alunos do projeto: “curso de atualização: aspectos morfofuncionais e clínicos da cabeça e pescoço” na universidade federal fluminense - UFF. UDESC em ação. 2008;2(1).
14. IBGE. Características da população e domicílios - Resultados do Universo - Notas metodológica Rio de Janeiro,: IBGE(Brazilian Institute of Geographic and Statistics). 2010.
15. Brasil. Edital nº 13, de 28 de Setembro de 2015 Seleção para o Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde PET-SAÚDE/GRADUASUS - 2016/2017. 2015.
16. Pereira SM, Mialhe FL, Pereira LJ, Soares MdF, Tagliaferro EPdS, Meneghim MdC, et al. Extensão universitária e trabalho voluntário na formação do acadêmico em Odontologia. Arquivos em Odontologia. 2011;47(2):95-103.
17. Schmaller VPV, Lemos J, Silva MdG, Lima MLLT. Health work, professional qualification and the role of social work in multiprofessional residence in family health Textos & Contextos 2012;11(2):346-61.
18. Rocha ECAd, Araújo MADd. Condições de trabalho das equipes de saúde bucal no Programa Saúde da Família: o caso do Distrito Sanitário Norte em Natal, RN. Revista de Administração Pública. 2009;43:481-517.
Publicado
2020-12-16
Como Citar
Souza, P., Guimarães, A. M., Oliveira, B., Guimarães, D., Suca Salas, M., & Botelho, C. (2020). Programa de Educação pelo trabalho para a saúde “PET-SAÚDE” na formação profissional de dentistas: lesões aprendidas na atenção primária. Revista Da Faculdade De Odontologia - UPF, 25(1), 59-65. https://doi.org/10.5335/rfo.v25i1.10239
Seção
Investigação Científica