Resolução de algoritmos e de problemas de adição e subtração: uma análise de estratégias utilizadas por estudantes com diagnóstico ou prognóstico de discalculia

Palavras-chave: Algoritmos; Discalculia; Resolução de Problemas

Resumo

Este artigo apresenta parte dos resultados de uma pesquisa de Mestrado desenvolvida com cinco estudantes que apresentam o diagnóstico ou prognóstico de Discalculia do Desenvolvimento. O objetivo é analisar as estratégias utilizadas pelos participantes para resolver problemas convencionais, comparando-as com as utilizadas para resolver algoritmos. Para tanto os participantes realizaram testes padronizados, dos quais foram selecionados, para este estudo os resultados dos algoritmos e problemas de adição e subtração. Para análise dos dados coletados optou-se pela Análise Textual Discursiva. Evidencia que para resolução de algoritmos as únicas estratégias utilizadas são o cálculo mental e o uso dos dedos. Em relação à resolução de problemas convencionais do tipo padrão, a estratégia mais utilizada foi o uso de algoritmos, e em seguida, novamente o cálculo mental e o uso dos dedos. Mostra que os estudantes, embora possuam diagnóstico ou prognóstico de Discalculia Operacional apresente um número maior de erros na execução dos algoritmos de subtração. Contudo, o desempenho na resolução de problemas é satisfatório, apontando que a compreensão do conceito de adição e subtração, portanto a Discalculia Ideognóstica, não está vinculada ao treinamento do algoritmo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Isabel Cristina Machado de Lara, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul- PUCRS
Pós-Doutorado em Educação em Ciências e Matemática pela PUCRS. Doutora e Mestre em Educação pela UFRGS. Licenciada em Matemática pela UFRGS. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) Porto Alegre- RS, Brasil.
José Ricardo Barbosa Cardoso, Colégio La Salle Niterói, Canosa RS
Mestre em Educação em Ciências e Matemática pela PUCRS. Licenciado em Matemática pelas Faculdades Porto-Alegrenses/FAPA. Atualmente é, professor do Colégio La Salle Niterói
Publicado
2021-09-16
Como Citar
MACHADO DE LARA, I.; CARDOSO, J. Resolução de algoritmos e de problemas de adição e subtração: uma análise de estratégias utilizadas por estudantes com diagnóstico ou prognóstico de discalculia. Revista Espaço Pedagógico, v. 28, n. 1, p. 380-402, 16 set. 2021.