Justiça social, democracia e educação: a vigência de velhos legados e desafios presentes

Palavras-chave: Democracia, Educação, Justiça social

Resumo

O texto recupera projetos políticos e pedagógicos dos principais autores da modernidade a respeito das relações entre justiça social, democracia e educação, destacando a vigência que mantêm na atualidade. Além deconsiderar Comênio (1986) um antecedente importante para uma educação básica comum e igualitária, nesta perspectiva, analisam-se princípios pedagógicos do autor para, em seguida, abordar legados de Rousseau (1988, 2017) e Condorcet (1997, 2008) em tais interrelações; assim como o legado de Comte, quanto ao desenvolvimento de uma religiosidade cívica, além de alguns aportes de Durkheim (2003). Após reconhecer a vigência desses legados, colocam-se alguns novos desafios que afrontam a educação em nosso tempo a respeito da justiça social, da democracia e da educação. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juan Carlos Geneyro, Universidad Nacional del Litoral, Argentina
Profesor y Licenciado en Ciencias de la Educación por la Universidad Nacional del Litoral, Argentina. Master en Educación por la Universidad de Puerto Rico, Puerto Rico. Doctor en Filosofía por la Universidad Autónoma de Barcelona, España. Profesor Consulto de la Universidad Nacional de Río Negro y de la Universidad Nacional de Lanús, Argentina.
Publicado
2019-09-03
Como Citar
GENEYRO, J. Justiça social, democracia e educação: a vigência de velhos legados e desafios presentes. Revista Espaço Pedagógico, v. 26, n. 3, p. 624-641, 3 set. 2019.