Museu, poder e disciplina: análises sobre sua relação com os públicos escolares

  • Renata da Silva Montechiare Pires Universidade Federal do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Escola. Michel Foucault. Museu. Sistema disciplinar

Resumo

Este trabalho é parte da pesquisa sobre museus etnográficos e seus patrimônios criados na segunda metade do século XIX na Europa, ainda em atividade hoje. Tem-se o objetivo de refletir sobre as contribuições de Michel Foucault para o estudo dos museus e sua relação com a escola, no que diz respeito ao espaço, à arquitetura e à prática social. À luz da etnografia realizada em um museu de antropologia, este estudo se propõe a debater sistemas disciplinares. Para tanto, é o minucioso trabalho de preparação do museu para a recepção de grupos de crianças das escolas que desperta o interesse para as análises que se seguem.

Biografia do Autor

Renata da Silva Montechiare Pires, Universidade Federal do Rio de Janeiro
Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2017). Editora da Revista Enfoques e pesquisadora do Laares (http://www.laares-ufrj.com/).
Publicado
2017-12-19
Como Citar
Montechiare Pires, R. da S. (2017). Museu, poder e disciplina: análises sobre sua relação com os públicos escolares. Revista Espaço Pedagógico, 24(3), 579-595. https://doi.org/10.5335/rep.v24i3.7767