Redes intelectuais, internacionalização e regionalização acadêmica: uma abordagem a partir do contexto latino-americano

Cláudia Battestin, Benjamin Panduro Munhoz, Miguel Ângelo Silva da Costa

Resumo


O intuito deste artigo é apresentar, por meio de uma pesquisa bibliográfica, um panorama parcial sobre as redes intelectuais e de internacionalização no contexto da América latina, buscando pensar como essas ocorrem em tempos transitórios em que tudo muda de forma acelerada no âmbito político, econômico e, sucessivamente, nas políticas públicas para a educação. Contemporaneamente, tanto no Brasil como fora dele, os temas recorrentes ocupam cada vez mais espaço nas instituições de ensino e na agenda pública, tornando um desafio constante pensar esses processos com espaços e demandas diferentes. O campo de discussões é amplo e, com efeito, nele se engendram distintos desafios. Debater, portanto, o papel das redes intelectuais no processo de internacionalização acadêmica a partir do contexto latino-americano é o principal objetivo deste artigo.

Palavras-chave


América Latina. Internacionalização e regionalização acadêmica. Redes intelectuais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5335/rep.v24i1.6988