O sentido ético da dramática de si e o significado político da poética da diferença na pragmática do ensino: considerações à luz de Foucault

  • Pedro Angelo Pagni Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.
Palavras-chave: Poética. Pragmática de si. Práxis educativa. Foucault.

Resumo

Este ensaio aborda a temática da poética na atividade docente e discute as suas possibilidades para se pensar o sentido ético-formativo e o seu eventual uso político para propor alternativas a uma práxis educativa que se restringe, na atualidade, a uma pragmática do ensino. Do ponto de vista da estética da existência, propõe, para tanto, uma particular noção de poética, bastante próxima ao que pode ser entendido pela dramática que subjaz à pragmática de si no último Foucault, assim como analisa suas possibilidades para que esta problematize a atual pragmática do ensino. Assim, vislumbra-se auxiliar o educador a pensar tanto a possibilidade ética de sua (auto)transformação quanto o sentido da formação do outro em sua atividade educativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Angelo Pagni, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.
Mestre em História e Filosofia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1994), doutor em Educação (1999) e livre-docente (2011) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Professor adjunto da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.
Publicado
2014-03-25
Como Citar
PAGNI, P. O sentido ético da dramática de si e o significado político da poética da diferença na pragmática do ensino: considerações à luz de Foucault. Revista Espaço Pedagógico, v. 21, n. 1, 25 mar. 2014.