Alguns aspectos da noção da congruência semântica presentes no ensino dos números inteiros relativos

  • Selma Felisbino Hillesheim Professora de matemática do Estado de Santa Catarina
  • Méricles Thadeu Moretti Universidade Federal de Santa Catarina
Palavras-chave: Números negativos. Registros de representação. Congruência semântica.

Resumo

O ensino dos números negativos é fortemente impregnado por um ensino baseado no modelo comercial da perda e do ganho em que a perda se relaciona à operação de subtração e o ganho, à de adição. Essa “espécie de quase codificação” na associação às operações de adição e subtração traz à tona um fenômeno estudado por Raymond Duval, na aprendizagem matemática, denominado congruência semântica. Nas situações de ensino, as concepções das operações de adição, multiplicação e subtração precisam ser ampliadas dos naturais aos números relativos. No que se refere a essa ampliação de ensino, neste artigo, analisam-se as respostas, com base na noção de congruência semântica, de uma turma de alunos do 7º ano do ensino fundamental a algumas questões propostas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Selma Felisbino Hillesheim, Professora de matemática do Estado de Santa Catarina
Licenciada em Ciências e mestranda do PPGECT/UFSC. Membro do grupo de pesquisa GPEEM. Professora de matemática do Estado de Santa Catarina.
Méricles Thadeu Moretti, Universidade Federal de Santa Catarina
Doutor em Didática da Matemática. Líder do grupo de pesquisa GPEEM. Professor do PPGECT/UFSC.
Publicado
2013-10-04
Como Citar
HILLESHEIM, S.; MORETTI, M. Alguns aspectos da noção da congruência semântica presentes no ensino dos números inteiros relativos. Revista Espaço Pedagógico, v. 20, n. 1, 4 out. 2013.