A complexidade da formação do professor de matemática e suas implicações para a prática docente

  • Leila Cunha de Albuquerque Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal
  • Cleyton Hércules Gontijo Universidade de Brasília
Palavras-chave: Formação docente. Formação continuada. Professor de matemática.

Resumo

Considerando que a formação inicial e a formação continuada configuram-se como elementos de grande importância para o desenvolvimento e desempenho profissional do docente ao longo de sua trajetória, este artigo discutirá alguns aspectos que permeiam a formação do professor de matemática, trazendo informações acerca das pesquisas desenvolvidas nessa área e a perspectiva de formação docente defendida entre os educadores matemáticos nos últimos anos. Essa abordagem tem como principais objetivos fomentar a discussão sobre a formação docente e promover um movimento de reflexão nesse sentido, tendo em vista que, por meio do processo de formação inicial e continuada, o professor constrói e reconstrói conhecimentos que, articulados com sua prática cotidiana, gerará saberes que o nortearão em sua tarefa primordial, o ensinar, para que seja desenvolvida de forma adequada e significativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leila Cunha de Albuquerque, Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal
Professora de matemática da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal e Mestra em Educação pela Universidade de Brasília (UnB).
Cleyton Hércules Gontijo, Universidade de Brasília
Professor do Programa de Pós-graduação em Educação da UnB.
Publicado
2013-10-04
Como Citar
ALBUQUERQUE, L.; GONTIJO, C. A complexidade da formação do professor de matemática e suas implicações para a prática docente. Revista Espaço Pedagógico, v. 20, n. 1, 4 out. 2013.