Ciências e possibilidades de melhoria nas concepções de vida e convivência

  • Cleidiana Watte Universidade do Oeste de Santa Catarina, Campus de Joaçaba.
  • Roque Strieder Universidade do Oeste do Estado de Santa Catarina.

Resumo

O trabalho tem como objetivo refletir sobre implicações da ciência clássica nas formas de viver, de se relacionar e de aprender. Nesse sentido, a problemática da reflexão gira em torno da questão: como e por que, diante do desenvolvimento tecnocientífico, tão exuberante, persistimos com a indiferença e a insensibilidade para com os seres humanos e o que a educação tem a ver com isso? Refletimos sobre possibilidades de fazer ciência, nascidas na física quântica e nas biociências e suas contribuições para a humanidade, capazes de redimensionar limites e procedimentos desse fazer ciência, com abrangência e validade humana. No momento de maior flexibilidade no campo científico, concepções diferentes começam a habitar nossos espaços de convivência, ensino e aprendizagem. Abrem perspectivas de ampliação e melhorias da convivência humana para consigo mesma e para com a natureza, porque contribuem para maior abertura na educação e nas aprendizagens. No desejo de reinterpretar nosso ser e estar no mundo, nossos jeitos de explicar e conhecer, explicamo-nos e conhecemo-nos melhor. Inserir educador e educando no processo das explicações, da aprendizagem e da construção de conhecimentos, permite conhecer e entender nosso modo particular de estar no mundo. Ao semear a concepção de interdependência entre ciência e ser humano, entre ser humano e natureza, entre ser humano para com outros seres humanos, entre a individualidade e a diversidade, as visões míopes, produzidas pela fragmentação, desocuparão seus lugares de destaque. Teremos então, como ensonhamos, fronteiras abertas para estados de paz e de reencontro para convivências no amar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cleidiana Watte, Universidade do Oeste de Santa Catarina, Campus de Joaçaba.
Professora da rede municipal de ensino de Anchieta - SC. Mestranda em Educação na Universidade do Oeste de Santa Catarina, Campus de Joaçaba.
Roque Strieder, Universidade do Oeste do Estado de Santa Catarina.
Professor do Programa de Mestrado em Educação da Universidade do Oeste do Estado de Santa Catarina.
Publicado
2013-04-23
Como Citar
WATTE, C.; STRIEDER, R. Ciências e possibilidades de melhoria nas concepções de vida e convivência. Revista Espaço Pedagógico, v. 19, n. 2, 23 abr. 2013.