Infância, cultura, formação de professores e educação infantil sob o enfoque da UNESCO: concepções difundidas, práticas formatadas

  • Altino José Martins Filho Universidade Federal de Santa Catarina
  • Ana Claudia da Silva Universidade Federal de Santa Catarina
Palavras-chave: Educação. Formação. Criança. Concepções pedagógicas.

Resumo

Este artigo realiza a discussão sobre as concepções de infância, criança e formação de professores difundidas pela Unesco. Nosso interesse de análise focaliza-se no Caderno Pedagógico número 1, que recebe o título Olhares das ciências sobre as crianças, sob a coordenação de Marlise Campos. Tecemos algumas observações críticas no intuito de contribuir amplamente com o processo educativo na educação infantil e com algumas concepções contemporâneas empregadas na própria formação de professores. Pretende refletir sobre as bases que secundarizam e desintelectualizam o papel do professor no processo de ensino e aprendizagem. Oferece, então, pistas para a valorização da mediação qualificada e intencionalisada do professor no contexto da escola da infância, sem, contudo, descartar as manifestações, interesses, desejos e necessidades das crianças que vivem suas infâncias em tais instituições. Não pretendemos desqualificar o “caderno pedagógico” nem culpabilizar a atuação da UNESCO no campo da educação infantil, já que tais concepções estão dadas historicamente. Ao contrário, as elucidações das contradições identificadas nos excertos do texto são colocadas como necessárias para a superação de algumas concepções e a constituição de uma práxis educacional emancipatória.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Altino José Martins Filho, Universidade Federal de Santa Catarina
Doutorando em Educação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Mestre em Educação e Infância pela Universidade Federal de Santa Catarina. Integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Infância, Educação e Escola (GEPIEE) da UFSC. Organizador e coautor do livro Criança pede respeito: temas em educação infantil. Editora Mediação, 2005, e Infância plural: crianças do nosso tempo. Editora Mediação, 2006.
Ana Claudia da Silva, Universidade Federal de Santa Catarina
Mestra em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Santa Catarina. Integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Infância, Educação e Escola (GEPIEE) da UFSC.
Publicado
2012-01-27
Como Citar
FILHO, A.; SILVA, A. Infância, cultura, formação de professores e educação infantil sob o enfoque da UNESCO: concepções difundidas, práticas formatadas. Revista Espaço Pedagógico, v. 16, n. 2, 27 jan. 2012.