“Participar não é só fazer activismo”: olhares de crianças e adolescentes moçambicanos

Palavras-chave: crianças, adolescentes, participação, Moçambique.

Resumo

A participação de crianças e adolescentes tem sido geralmente entendida como um envolvimento em processos de tomada de decisão e de acção em contextos públicos. A partir de uma pesquisa visual e participativa em três contextos de Moçambique, o presente artigo apresenta as oportunidades e as barreiras para a participação que crianças e adolescentes encontram nos seus contextos de vida quotidiana, a nível individual, nas relações de pares e na família. Os resultados indicam que, apesar dos desafios enfrentados, a expressão individual, as amizades e o contexto familiar representam espaços significativos para exercer a sua agência e participar no sentido de “tomar parte em” e sentir-se incluídos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elena Colonna, Docente da Universidade Eduardo Mondlane, Moçambique
Professora italiana, doutora em Estudos da Criança e especialidade em Sociologia da Infância, pela Universidade do Minho. Docente da Universidade Eduardo Mondlane, Moçambique.
Publicado
2020-07-28
Como Citar
COLONNA, E. “Participar não é só fazer activismo”: olhares de crianças e adolescentes moçambicanos. Revista Espaço Pedagógico, v. 27, n. 2, p. 389-405, 28 jul. 2020.