Bullying escolar: a (in)visibilidade do fenômeno e dos protagonistas crianças

Palavras-chave: Infância. Bullying escolar. Participação infantil.

Resumo

Este artigo debruça-se sobre o bullying escolar, fenômeno complexo e ativo nas escolas. Com caráter inovador, também por estruturar-se sobre pesquisa qualitativa, traz resultados de um estudo desenvolvido com três turmas – pré-escola, 1º e 3º ano – de uma escola de educação básica portuguesa. A metodologia envolveu observações diárias nos tempos livres e formais, grupos focais com crianças e entrevistas individuais com professores e funcionárias. Constatamos que práticas de bullying, por diversas formas, são comuns nas três turmas e poucas vezes são percebidas pelos adultos. Crianças de ambos os gêneros exercem papéis de agressoras e de vítimas. No contexto, essas últimas ocupam um lugar social de incapacidade e de não pertencimento. Agressores habituais evidenciam impossibilidade para uma participação lúdica em jogos e brincadeiras. Participar em jogos e brincadeiras é uma condição determinante à pertença e evita possível vitimização. É comum que uma dupla ou um trio de alto desempenho escolar incite os demais pares para práticas de bullying. Pertencer à etnia cigana é um fator automático de discriminação. As crianças são capazes de uma leitura profunda e propositiva do contexto institucional. Há que ser questionado um modelo de escolarização, alheio às crianças e ao seu direito de participação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosana Coronetti Farenzena, Universidade de Passo Fundo
Doutora em Estudos da Criança pela Universidade do Minho, Portugal. Professora na Universidade de Passo Fundo, colaboradora do Centro de Investigação em Estudos da Criança, da Universidade do Minho, membro da Rede Pikler Brasil.
Publicado
2020-07-28
Como Citar
FARENZENA, R. Bullying escolar: a (in)visibilidade do fenômeno e dos protagonistas crianças. Revista Espaço Pedagógico, v. 27, n. 2, p. 329-347, 28 jul. 2020.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##