Entre tantas experiências do homem na linguagem, há a que se constitui no poético da língua. Uma experiência singular, marcada pela subjetividade e alteridade, a que se pode chamar, seguindo uma inspiração benvenistiana, “uma poética do discurso”. Nesta poética, os movimentos de construção do sentido se dão através de combinações re-novadas, as quais questionam e afrontam os limites do dizer. A partir desse olhar para a experiência poética, propõe-se a seguinte temática: a escrita da palavra poética como uma experiência singular de linguagem que se marca na língua. Serão recebidos trabalhos advindos de estudos linguísticos e literários que, sob o prisma da singularidade, abordem a experiência poética. A revista também recebe artigos para a seção livre, além de resenhas de livros publicados no máximo há três anos, com temática afeita ao escopo do periódico. Organizadoras Profa. Dra. Márcia Helena Saldanha Barbosa (Universidade de Passo Fundo - UPF) Profa. Dra. Marlete Sandra Diedrich (Universidade de Passo Fundo - UPF)
Publicado: 2020-04-23